Smartphones

Com explosão nas vendas de iPhone, Apple supera expectativa de investidores no 3º trimestre fiscal

Categoria teve um salto de 49,8%, passando de vendas de US$ 26,4 bilhões para US$ 39,6 bilhões

Por  Mariana Fonseca

SÃO PAULO – A Apple (AAPL34) superou as expectativas de Wall Street com os resultados de seu terceiro trimestre fiscal, encerrado no dia 26 de junho.

Mesmo assim, as ações da gigante de tecnologia estão em queda de 0,87% no after market (às 18h no horário de Brasília). A desvalorização acompanha uma queda generalizada do setor de tecnologia. O Nasdaq Composite estava em queda de 1,21% no mesmo horário, enquanto o S&P 500 recuava 0,47%.

As vendas foram de US$ 81,4 bilhões no último trimestre, alta de 36,4% sobre o mesmo período do ano fiscal anterior. Segundo a Refinitiv, a expectativa era de US$ 73,3 bilhões em receita.

De acordo com a agência de notícias Bloomberg, o número surpreendeu em um trimestre que costuma ser mais lento para a gigante de tecnologia. Os consumidores costumam comprar menos produtos da marca por esperarem anúncios de novos produtos em breve. O iPhone 12 com rede 5G, porém, parece ter sido capaz de reverter o movimento.

O destaque de vendas ficou com os iPhones. A categoria teve um salto de 49,8%, passando de vendas de US$ 26,4 bilhões para US$ 39,6 bilhões. A Refinitiv divulgou que a expectativa de vendas era de US$ 34,01 bilhões com os iPhones neste trimestre.

Todas as linhas de produto cresceram dois dígitos na mesma base de comparação: 11,9% para iPads; 16,3% para iMacs; 32,8% para serviços; e 36% para wearables e acessórios domésticos.

Já a receita líquida alcançou US$ 21,74 bilhões, alta de 93,2% sobre o terceiro trimestre fiscal anterior. O ganho do trimestre diluído por ação foi de US$ 1,31, ante US$ 0,65 na mesma base de comparação. A expectativa era de US$ 1,01.

Luca Maestri, diretor financeiro da Apple, também ressaltou em comunicado que a empresa atingiu recorde de base instalada de equipamentos ativos. A empresa distribuiu US$ 29 bilhões aos acionistas em dividendos no último trimestre.

Falta de chips afetaram resultado

Em entrevista à rede americana CNBC, o CEO Tim Cook afirmou que os resultados da companhia poderiam ter sido ainda melhores caso a Apple não enfrentasse a pouca oferta de chips, refletida principalmente nas vendas de Macs e iPads.

“Prevíamos que a falta de oferta teria efeitos de US$ 3 bilhões a US$ 4 bilhões. Conseguimos mitigar um pouco desse efeito e tivemos perdas menores do que o limite inferior dessa estimativa”, disse Cook.

Sobre a vertical de serviços, o CEO destacou que a companhia teve recordes em música, vídeo, armazenamento na nuvem publicidade e pagamentos. A Apple tem 700 milhões de assinantes, ou usuários que se inscrveeram para um app e estão registrados nos pagamentos da App Store.

Alguns investidores suspeitavam que a vertical poderia ter um crescimento desacelerado com a volta das pessoas ao trabalho presencial. Porém, a alta e 32,8% superior a aceleração de 26,7% vista no terceiro trimestre fiscal anterior.

Transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos é possível. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.

Compartilhe