Bolsa

Com abismo próximo, “índice do medo” atinge nível preocupante em Chicago

A possibilidade de que o país seja afetado pelo abismo, antes impensável, agora mexe com o mercado

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O índice de volatilidade do CBOE (Chicago Board Options Exchange), o VIX, atingiu níveis preocupantes nessa quinta-feira (27), ao passar dos 20 pontos pela 1ª vez desde julho. Esse patamar atingido pelo índice mostra que os investidores reagem com mais nervosismo ao mercado, preocupados com o cenário político norte-americano, já que o VIX mede a oscilação de preço entre as opções negociadas na bolsa de Chicago – voláteis por natureza -, permitindo identificar o “pânico” no mercado.

No intraday, o índice chegou a subir mais de 7%, atingindo os 21 pontos, depois que o líder da maioria democrata do Senado norte-americano, Harry Reid, criticou a recusa dos congressistas republicanos em aceitar qualquer aumento tributário como parte da solução para o “abismo fiscal” dos Estados Unidos.

A possibilidade de que o país seja afetado pelo abismo, antes impensável, agora mexe com o mercado. Até o momento, as propostas de corte são irrisórias para acabar com o déficit norte-americano. As bolsas norte-americanas reagem com nervosismo e se encaminham para a 4ª queda seguida. 

“Parece que é para lá que estamos indo”, disse o democrata Reid sobre a possibilidade de a economia norte-americana cair no “abismo fiscal” – com aumentos de impostos para a maioria dos norte-americanos e cortes de gastos automáticos começando no próximo mês.