Recomendações

Coin recomenda aumentar exposição em Bradesco, TIM e EzTec nesta semana

M.Dias Branco, Estácio e Ultrapar são as outras sugestões da corretora para o período entre 5 e 9 de novembro

SÃO PAULO – A Coinvalores Corretora apresentou suas opções de mercado para o período de 5 a 9 de novembro, recomendando aumentar a exposição em Bradesco (BBDC4), M. Dias Branco (MDIA3), Estácio (ESTC3), TIM (TIMP3), EzTec (EZTC3) e Ultrapar (UGPA3).

Em relação à recomendação do Bradesco, o analista Marco Aurélio Barbosa afirma que o banco tem boa participação de receitas não bancárias no total, mitigando o efeito da redução das taxas de juros. Apesar do cenário desafiador para o setor, ele considera a estratégia do Bradesco, de maior seletividade de crédito, acertada, uma vez que pode evitar nova escalada da inadimplência em um futuro não muito distante.

Sobre a M. Dias Branco, a Coin diz que a companhia continua a agregar valor em seus resultados pela combinação de crescimento orgânico com aquisições, ampliando sua participação de mercado no Brasil. A corretora também destaca os novos produtos, como snacks e bolos, já representam 5% da receita líquida da empresa.

Para as ações da Estácio, Barbosa acredita que a tendência de alta se mantenha, tendo em vista os bons fundamentos para a companhia e a perspectiva favorável para o setor. O balanço da companhia sai no dia 8 de novembro e pode trazer relevante crescimento na captação de alunos no segundo semestre, acrescenta o analista.

No caso de TIM, a Coin destaca que a forte queda dos papéis nos últimos meses abriu um bom espaço para compra. Na visão da corretora, os fundamentos continuam favoráveis à empresa e ao setor de atuação.

Na avaliação de Barbosa, a época de resultados é tradicionalmente uma oportunidade de comprar EzTec. Para o analista, a companhia deve, novamente, apresentar números muito acima da média do setor, com impacto positivo em suas ações em bolsa.

A Ultrapar também deve mostrar sólido resultado operacional no terceiro trimestre, de acordo com a corretora. Cabe lembrar que, recentemente, as ações da empresa sofreram em bolsa depois que o boato sobre a possibilidade de o governo intervir no mercado de distribuição de combustíveis não se converteu em fato.

Confira as recomendações:

EmpresaTicker Preço-alvo*  Upside** Recomendação
BradescoBBDC4R$ 41,0028,21%Aumentar exposição
M. Dias BrancoMDIA3R$ 74,008,50%Aumentar exposição
EstácioESTC3Em revisãoAumentar exposição
TIMTIMP3Em revisãoAumentar exposição
EzTecEZTC3R$ 33,0023,60%Aumentar exposição
UltraparUGPA3Em revisão  Diminuir exposição

* Preço-alvo para 12 meses
**Potencial de valorização em relação ao fechamento de 1 de novembro

HRT: a Coin recomenda a redução a exposição às ações por causa do prejuízo apresentado pela empresa no segundo trimestre além das incertezas envolvendo as operações na Bacia do Solimões e o adiamento da campanha exploratória no continente africano.

PUBLICIDADE