Balanço

ClearSale (CLSA3) tem lucro ajustado 3,9% maior no 3º trimestre

Considerando despesas não recorrentes com IPO e programa de incentivo de longo prazo, entre outros, resultado seria perda de R$ 45,2 milhões

Por  Equipe InfoMoney

SÃO PAULO – A ClearSale (CLSA3) registrou um lucro líquido ajustado de R$ 7 milhões, avanço de 3,9% sobre o mesmo período do ano passado.

O lucro ajustado exclui despesas não recorrentes com o IPO, programa de incentivo de longo prazo, assim como os efeitos de controlada vendida no 1º trimestre de 2021. Contado esses efeitos, a perda foi R$ 45,2 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, ajustado) somou R$ 10,2 milhões, queda de 55,3%, com margem ajustada de 8,8%, ante 24,3% de um ano antes.

Já o Ebitda, sem ajustes, ficou negativo em R$ 54,5 milhões, ante desempenho positivo de R$ 20,2 milhões de um ano antes.

“A pressão no Ebitda foi compensada pelo resultado financeiro positivo proveniente do rendimento dos recursos levantados no IPO em caixa”, acrescentou.

Receitas balanço ClearSale

A receita líquida somou R$ 116,2 milhões, um incremento de 23,8%, com lucro bruto de R$ 45,6 milhões (+0,9%), gerando uma margem bruta de 39,2% (-8,9 pontos porcentuais).

Apesar do crescimento da receita, o lucro bruto foi impactado pelo aumento de 44,9% dos custos de serviços prestados, que atingiram R$ 70,7 milhões.

Segundo a empresa, houve crescimento de 63,1% na receita de onboarding, crescimento de 13% do ecommerce e avanço de 16% na receita do e-commerce internacional, em dólares.

CDB com 300% do CDI? XP antecipa Black Friday com rentabilidade diferenciada para novos clientes. Clique aqui para investir agora!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compartilhe