Antifraude

ClearSale (CLSA3) reverte lucro e tem prejuízo de R$ 44,3 milhões no 4º trimestre

Receita líquida somou R$ 131,1 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 14% na comparação com igual etapa de 2020

Por  Equipe InfoMoney

A ClearSale (CLSA3) registrou prejuízo líquido de R$ 44,3 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), revertendo lucro líquido de R$ 4,2 milhões do mesmo trimestre de 2020.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi negativo em R$ 24 milhões no último trimestre do ano passado, contra resultado positivo de R$ 18,8 milhões.

A empresa explica que o desempenho foi afetado pelo nível histórico de fraude mais alto; pelos investimentos feitos em readequação da mão de obra operacional, migração de cloud e reforço do time de TI & Analytics que impactaram os custos de serviços prestados; e por expansão dos times Comercial, Administrativo, além das despesas não recorrentes como plano de incentivo de longo prazo que impactaram o SG&A.

Já a margem Ebitda ajustado atingiu -17,4% no período, contra a margem positiva de 16,4% registrada em 4T20.

A receita líquida somou R$ 131,1 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 14% na comparação com igual etapa de 2020.

Mais dados do balanço da ClearSale (CLSA3)

O lucro bruto totalizou R$ 40 milhões no 4T21, uma redução de 36,3% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Apesar do crescimento de 20,3% da receita líquida, o lucro foi impactado pelo aumento de 74,8% dos custos de serviços prestados, que atingiram R$ 91,2 milhões.

A margem bruta atingiu 30,5% no último trimestre de 2021, uma contração de 24,1 p.p. na comparação anual.

O caixa líquido da companhia ficou em R$ 643,1 milhões no final de dezembro de 2021, refletindo os recursos levantados no IPO em julho/21.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe