Citi une esforços na área de tecnologia e vê economia de US$ 1 bilhão, revela jornal

Artigo publicado no The Financial Times mostra que banco quer melhorar integração no setor de TI para reduzir despesas

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Procurando formas de se reerguer financeiramente, os administradores do Citigroup estão concentrando esforços na área de tecnologia e já enxergam economia anual de mais de US$ 1 bilhão otimizando o sistema.

Segundo matéria publicada no jornal Financial Times, a estratégia adotada pelos gestores é encontrar maneiras de unir plataformas tecnológicas, que atualmente operam de forma separadas, economizando a cifra estimada.

Apesar da empresa se recusar a comentar, pessoas próximas ao caso afirmaram que o plano está em linha com as táticas do CEO (Chief Executive Officer), Vikram Pandit, que pretende aproveitar a crise para reconstruir o banco como um todo.

Mudança de estratégia

Aprenda a investir na bolsa

Após a fusão entre a Citicorp e a Travelers, em 1998, as áreas do banco voltadas para o segmento de Tecnologia da Informação mantiveram-se separadas, uma vez que assim seria mais fácil para vender os negócios, se houvesse interesse.

Porém, com a mudança no cenário econômico e na equipe que agora comanda o Citi, a estratégia acabou também sendo alterada, tornando-se mais interessante integrar a área de TI e economizar com as melhorias, do que deixar a estrutura como era antes.

Atualmente, o banco norte-americano emprega 140 mil funcionários, sendo 25 mil só no setor de desenvolvimento de softwares – mais do que muitas companhias voltadas exclusivamente para a área de tecnologia. Em 2008, as despesas com TI totalizaram US$ 4,9 bilhões, segundo estimativas.