Balanço da elétrica

Cemig (CMIG4) lucra 24,3% a menos no 4º trimestre e propõe proventos de R$ 1,996 bilhão

Já o lucro ajustado atingiu R$ 993 milhões no 4T21, crescimento de 68,3% na comparação com 4T20.

Por  Felipe Moreira

A Cemig (CMIG4) registrou lucro líquido de R$ 963 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), valor 24,3% inferior ao apurado no quarto trimestre de 2020.

Já o lucro ajustado atingiu R$ 993 milhões no 4T21, crescimento de 68,3% na comparação com 4T20.

A companhia explica que o resultado foi impulsionado pelo crescimento do lucro no segmento de distribuição, aumento das vendas da Gasmig e reversão da obrigação pós emprego do seguro de vida com impacto positivo de R$ 274 milhões.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 30,4% no último trimestre do ano passado, totalizando R$ 1,492 bilhão.

A receita líquida somou R$ 9,657 bilhões entre outubro e dezembro do ano passado, alta de 32,9% na comparação com igual etapa de 2020.

O resultado operacional subiu 76,4% no últimos três meses do ano, atingindo R$ 1,624 bilhão.

Os custos e despesas operacionais foram de R$ 7,97 bilhões no 4T21, valor 25,7% superior ao mesmo período de 2020, em função, principalmente, de aumento de energia elétrica comprada para revenda (+22,3%), sendo essa a despesa mais significativa da companhia, gás comprado para revenda (+75,5%), encargos de uso da rede básica de transmissão (+109,2%) e custos de construção de infraestrutura (+52,0%).

O resultado financeiro no 4T21 foi negativo em R$ 310,8 milhões, revertendo ganhos financeiros de R$ 353,2 milhões do 4T20.

O investimento em 2021 foi 29,5% superior ao do ano de 2020. O 4T21 foi o trimestre do ano com maior volume de investimentos realizados, totalizando R$ 714 milhões.

A dívida líquida da companhia ficou em R$ 8,460 bilhões no final de dezembro de 2021, uma diminuição de 8,2% em relação ao mesmo período de 2020.

O conselho de administração da Cemig propôs a distribuição de R$ 955,38 milhões a título de juros sobre o capital próprio (JCP) e R$ 1,011 bilhão a título de dividendos obrigatórios. A proposta será votada em assembleia geral ordinária em abril de 2022.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe