Radar InfoMoney

Cemig (CMIG4) e Tim (TIMS3) aprovam JCP; Eneva (ENEV3) fará oferta de ações e mais notícias

Veja os destaques corporativos desta sexta-feira

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta sexta-feira (17) tem como destaque o pagamento de juros sobre capital próprio pela Cemig (CMIG4), Tim (TIMS3) e Neonerggia (NEOE3).

O conselho de administração da Eneva (ENEV3) aprovou a realização de oferta restrita de ações.

O fundo CPP elevou sua participação no capital social da brMalls (BRML3).

Confira mais destaques:

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras (PETR3; PETR4) comunicou que a Grepar Participações, com quem firmou contrato para venda da refinaria Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (LUBNOR) e seus ativos logísticos associados, enviou notificação informando alteração em sua composição societária.

A alteração societária ocorrerá mediante a cessão definitiva da totalidade das quotas do capital da Grepar detidas pela Holding GV Participações S.A. para a sociedade Greca Distribuidora de Asfaltos Ltda., que passará a assumir todos os direitos e obrigações da Holding GV Participações S.A. estabelecidas no contrato para a venda da LUBNOR celebrado com a Petrobras.

Com isso, a Grecor Investimentos em Participações Societárias manterá a sua participação de 50% e a Greca Distribuidora de Asfaltos passará a deter os outros 50% do capital social da Grepar.

Reajuste de combustíveis

Ainda sobre Petrobras, o conselho de administração da estatal fez uma reunião de emergência nesta quinta-feira. O encontro serviu para reafirmar que o reajuste dos combustíveis é de responsabilidade da diretoria executiva, que pode anunciar nesta sexta-feira um aumento nos preços. O valor da alta não foi informado aos conselheiros.

Cemig (CMIG4)

O conselho de administração da Cemig aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP), no valor de R$ 353 milhões, correspondente a R$ 0,1604 por ação. As ações passam a ser negociadas ex-direito no próximo dia 27.

Tim (TIMS3)

O conselho de administração da operadora aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP), no valor de R$ 270 milhões, a R$ 0,111 por ação. O pagamento será feito em 20 de julho.

Neoenergia (NEOE3)

A Neoenergia (NEOE3) pagará valor total de R$ 167,1 milhões, correspondentes a R$ 0,1376968479 por ação ordinária. O pagamento será realizado até 28 de dezembro de 2022, com base na posição acionária de 5 de julho de 2022.

CSU (CARD3)

A CSU (CARD3) informou que pagará montante total de R$ 5,2 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP). O valor a ser pago será R$ 0,126378762 e terá como data-base 21 de junho deste ano. O provento será creditado em 16 de janeiro de 2023.

Eneva (ENEV3)

A Eneva aprovou oferta restrita que consistirá na distribuição pública primária de 300.000.000 de novas ações de emissão da companhia.

Copasa (CSMG3)

O Conselho de administração aprovou o início da busca de um novo Diretor-Presidente, atendendo a uma solicitação do seu acionista controlador, conforme Oficio recebido em 16 de junho de 2022.

Tavares de Castro, atual Diretor-Presidente, deverá permanecer no cargo até que o sucessor seja nomeado.

Celesc (CLSC4)

A Celesc aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio no valor de R$ 41,8 milhões, , à razão de R$ 1,02498794722 por ação ordinária e R$ 1,12748674194 por ação preferencial.

Farão jus aos Juros sobre o Capital Próprio os detentores de ações de emissão da companhia em 30 de junho de 2022, sendo as ações da companhia negociadas “ex-juros sobre capital próprio” a partir de 01 de julho de 2022.

Log Comercial (LOGG3)

O conselho da companhia aprovou a emissão de debêntures no valor de R$ 400 milhões.

Banco Inter (BIDI11)

O Banco Inter (BIDI11) definiu, dentro de seu processo de reestruturação, o valor final a ser pago aos acionistas que optaram pela Opção Cash-Out, que é de R$ 39,18, considerando o valor de R$ 38,70, correspondente ao valor econômico por ação preferencial ou ordinária de emissão do Inter fixado nos termos do Laudo do Cash-Out, atualizado conforme variação da taxa DI apurada entre a data de realização da AGE Reorganização, 12 de maio de 2022, e a data do efetivo pagamento do Cash-Out no dia 20 de junho.

PetroRecôncavo (RECV3)

A PetroRecôncavo (RECV3) fechou acordo de suprimento de gás natural de natureza interruptível, sem compromisso de fornecimento firme para a Companhia de Gás da Bahia – Bahiagás. Na modalidade de contrato interruptível, os compromissos de fornecimento e retirada só são estabelecidos mediante acordo prévio entre as partes, havendo a demanda por parte da compradora e disponibilidade por parte da vendedora.

O preço do gás do referido contrato será constituído pela soma do repasse do custo de transporte (Parcela de Transporte) com a Parcela da Molécula, sendo esta última um percentual da cotação do Petróleo tipo Brent, podendo ser revista trimestralmente, em comum acordo entre as partes.

Eletrobras (ELET3;ELET6)

O S&P reafirmou rating BB- da Eletrobras, com perspectiva estável, após privatização da empresa.

brMalls (BRML3)

O fundo Canada Pension Plan Investment elevou sua participação para 11,16% no capital social da brMalls.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe