MERCADOS AO VIVO IPO: ações da Allied estreiam na B3 próximas à estabilidade

IPO: ações da Allied estreiam na B3 próximas à estabilidade

As melhores do mês

Carteira da Gradual é campeã de novembro no Ranking InfoMoney

Média da performance das carteiras recomendadas ficou positiva em 1,99%, enquanto o Ibovespa subiu apenas 0,71%; Geral Investimentos e Souza Barros disputam 1ª posição no acumulado do ano

SÃO PAULO – Mesmo com as incertezas sobre o cenário econômico externo, Ibovespa retomou para o campo positivo em novembro, terminando o período com ganhos de 0,71% aos 57.474 pontos. O mês que encerrou mostrou um comportamento um pouco mais robusto dos ativos financeiros, mesmo com o receio do “fiscal cliff” nos Estados Unidos, com as negociações entre republicanos e democratas andando num ritmo lento. 

Por conta do movimento mais robusto da bolsa, a média da performance das carteiras recomendadas por bancos e corretoras passou do negativo para o positivo no 11º mês do ano, sendo que 17 dos 21 portfólios compilados pelo Portal InfoMoney mostraram desempenho superior ao do Ibovespa. Na média, a rentabilidade destas carteiras ficou positiva em 1,99%. No ano, essa alta é ainda mais expressiva – valorização média de 23,11% -, representando um desempenho bem superior ao benchmark brasileiro, que avançou apenas 0,71% no acumulado desses 11 meses.

Ibovespa X Média das Carteiras Recomendadas em 2012
 JaneiroFevereiroMarçoAbrilMaioJunhoJulhoAgostoSetembroOutubroNovembroAcum. 2012
Ibovespa+11,13%+4,34%-1,98%-4,17%-11,86%-0,25% +3,21%+1,72%+3,70%-3,56%+0,71%+1,27%
Média das
Carteiras
+7,44%+6,74%+0,90%-0,10%-7,74%+1,90%+2,64%+1,50%+4,93%-0,10%+1,99%+23,11%
Diferença-3,69 p.p.+2,40 p.p.+2,88 p.p.+4,07 p.p.+4,12 p.p.+1,05 p.p.-0,57 p.p.-0,22 p.p.+1,23 p.p.+3,46 p.p.  +1,28%+21,84 p.p.

O que deu certo e o que deu errado no mês
Figuraram no topo do ranking as casas de análise que optaram pelos papéis da Suzano (SUZB5), que subiram no mês 20,27%, impulsionados pelo programa de recompra de 12 milhões de ações classe A, com prazo de 90 dias. A entrada do novo diretor-presidente, Walter Schalka, também pode ajudar a impulsionar os ativos.

Os portfólios que apostaram em empresas do setor financeiro e consumo também mostraram um forte desempenho no último mês. As ações lembradas pelos analistas em novembro e que atuam nesse segmento são Ambev (AMBV4, +7,65%), Itaúsa (ITSA4, +8,20%), Cielo (CIEL3, +10,75%) e Bradesco (BBDC4+10,98%). Vale mencionar que o índice IFNC, que acompanha os papéis do setor financeiro, registrou a maior alta dentre os índices setoriais da Bovespa no mês, de 9,97%

Do outro lado, as corretoras que apostaram nas ações da Petrobras (PETR3, -11,16%; PETR4, -10,29%) se deram mal, pressionada ainda por medidas pontuais de controle da inflação pelo governo, sem previsão para reajuste dos preços dos combustíveis. As empresas do grupo EBX, do empresário Eike Batista, também tiveram um desempenho negativo no período e pressionaram alguns portfólios, como OSX Brasil (OSXB3, -21,48%), MMX Mineração (MMXM3, -12,44%) e OGX Petróleo (OGXP3, -7,86%).

Os destaques positivos…
A carteira recomendada da Gradual liderou o ranking da compilação das carteiras realizadas pelo Portal InfoMoney durante novembro, com rentabilidade de +6,08%, 5,37 p.p. acima do Ibovespa. Foi a 3ª vez que a corretora ocupou a primeira posição do ranking mensal neste ano. A segunda e terceira posição ficaram com o BB Investimentos e Geração Futuro, com ganhos de 4,79% e 3,61%, respectivamente.

Melhores e Piores Performances Mensais de 2012
MêsMelhor PerformancePior Performance
CorretoraRent.CorretoraRent.
JaneiroPlanner+14,26%SLW (moderado)-0,32%
FevereiroBradesco+12,74%Omar Camargo+3,03%
MarçoSouza Barros+9,81%Planner-3,93%
AbrilGeral+4,23%TOV-5,02%
Maio Souza Barros-0,97%Planner-11,86%
JunhoTOV+5,14%Inva Capital-8,42% 
JulhoGradual+7,64%Planner-1,62%
AgostoGeral+5,05%TOV-3,46%
SetembroGradual+10,13%Inva Capital+0,22%
OutubroWinTrade+4,67%Inva Capital-5,66%
NovembroGradual+6,08%XP Investimentos-2,98%

Os papéis que colaboraram para a boa performance da Gradual no período foram os da Bematech (BEMA3) e Saraiva (SLED4), que saltaram 27,05% 9,0%, respectivamente, além da Suzano, como já foi mencionado.

Com essa boa alta, o portfólio da Gradual ganhou uma posição no ranking anual e figura no 4º lugar. Ela perde apenas para os portfólios recomendados da Geral Investimentos, Souza Barros e WinTrade/Alpes Corretora, que acumulam retorno positivo anual de 50,46% 50,39% e 42,60%, respectivamente.

…e negativos
Por outro lado, a carteira da XP Investimentos ficou na última posição em novembro, com a carteira tendo rentabilidade negativa de 2,98%, ou 3,69 p.p. acima do Ibovespa. No período, seis dos nove papéis recomendados pela corretora registraram desempenho negativo, com destaque para OSX, Santos Brasil (STBP11, -7,53%) e Cetip (CTIP3, -6,20%). Vale mencionar que apenas 4 das 21 carteiras ficaram abaixo do Ibovespa em novembro – logo a frente da XP, aparecem os portfólios da SLW, UM e Coin, com desempenho de -0,96%, +0,46% e +0,50%.

PUBLICIDADE

Já no acumulado do ano, a Inva Capital firma novamente o posto de pior desempenho, com rendimento negativo de 8,46%, ficando 9,73 p.p. abaixo do Ibovespa – o único portfólio do ranking com rentabilidade abaixo de zero em 2012. A boutique de investimentos, contudo, tem mantido ao longo dos meses o seu portfólio praticamente inalterado, tendo carregado por boa parte do ano os papéis da OGX Petróleo (OGPX3), que já caíram 68,14% em 2012.

Geral e Souza Barros disputam liderança no ano

Desempenho acumulado das carteiras recomendadas pelas corretoras em 2012
PosiçãoBanco/Corretora*Rentabilidade
acumulada em 2012
Diferença sobre
o Ibovespa
Geral+50,46%+49,19 p.p.
Souza Barros+50,39%+49,12 p.p.
Win+42,60%+41,33 p.p.
Gradual+41,99%+40,72 p.p.
Coin+35,25%+33,98 p.p.
PAX+28,43%+27,16 p.p.
Omar Camargo+27,67%+26,40 p.p.
Bradesco+25,58%+24,31 p.p.
XP +24,83%+23,56 p.p.
10ºBTG Pactual+24,19%+22,92 p.p.
11ºOcto +23,30%+22,03 p.p.
12ºSLW (arrojada)+18,83%+17,56 p.p.
13ºGeração Futuro+17,22%+15,95 p.p.
14ºUM Investimentos+14,97%+13,70 p.p.
15ºSocopa+14,60%+13,33 p.p.
16ºHSBC+12,21%+10,94 p.p.
17ºAtiva+11,60%+10,33 p.p.
18ºBB Investimentos+10,64%+9,37 p.p.
19ºPlanner+9,52%+8,25 p.p.
20ºTOV+9,26%+7,99 p.p.
21ºInva 
-8,46%-9,73 p.p.

Metodologia
Para realizar o levantamento de novembro, o InfoMoney utilizou carteiras de ações recomendadas para o período mensal por 21 corretoras e bancos: Ativa Corretora, BB Investimentos, Bradesco Corretora, BTG Pactual, Coinvalores, Geração Futuro, Geral Investimentos, Gradual Investimentos, HSBC, Inva Capital, Rico, Omar Camargo, PAX, Planner, SLW, Socopa, Souza Barros, TOV, UM Investimentos, WinTrade e XP Investimentos.

Importante ainda destacar que:

 1. O InfoMoney considerou a primeira publicação de cada uma destas carteiras nos referidos meses, não levando em consideração eventuais mudanças promovidas pelas corretoras e bancos em suas carteiras recomendadas no decorrer de mês.

  1. As cotações consideradas nas comparações de desempenho são as de fechamento do último dia útil de cada mês, considerando sempre a cotação ajustada em um eventual provento que ocorrer no período (dividendo, juros sobre capital próprio, subscrição, desdobramento etc).

  2. Utilizando metodologia semelhante à adotada no cálculo da carteira teórica do Ibovespa, o desempenho considerado das carteiras recomendadas em 2012 é cumulativo.

  3. A partir de setembro de 2011 passamos a adotar apenas uma carteira recomendada para cada corretora. Após informarmos as corretoras que possuíam mais de uma carteira no ranking sobre essa nova metodologia, decidimos junto com elas qual o único portfólio que seria utilizado e quais seriam excluídos.

PUBLICIDADE