Temporada de balanços

Carrefour (CRFB3) tem alta de 1,3% no lucro ajustado no 2º trimestre de 2022, a R$ 600 milhões

Números abrem a temporada de balanços de empresas listadas para o varejo alimentar

Por  Equipe InfoMoney

O Carrefour Brasil (CRFB3) registrou lucro ajustado ao acionista controlador de R$ 600 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), informou a varejista em divulgação de resultados nesta terça-feira (26).

As projeções de consenso compiladas pela Refinitiv projetavam um lucro de R$ 508,8 milhões no segundo trimestre, queda de cerca de 10% na comparação com igual período de 2021, quando o lucro foi de R$ 566 milhões.

Conforme Stéphane Maquaire, CEO do Carrefour Brasil, o crescimento foi impulsionado por um desempenho muito forte em todas as unidades de negócios e em todos os canais. “O excelente crescimento de vendas do Atacadão e Carrefour Varejo foi impulsionado por um sólido desempenho na categoria de alimentos, com volumes crescendo mesmo em um ambiente altamente inflacionário, demonstrando a competitividade da nossa oferta em vários formatos.”

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 1,7 bilhão no 2T22, alta de 24,5% sobre o 2T21.

Já a projeção de Ebitda pelo consenso Refinitiv era de R$ 1,515 bilhão, alta anual de 13,3%.

Leia também:

A margem Ebitda (Ebitda sobre receita líquida) ajustada atingiu 7,1% entre abril e junho, baixa de 0,7 ponto percentual (p.p.) frente a margem registrada em 2T21.

O volume total transacionado (GMV, na sigla em inglês) atingiu R$ 1,5 bilhão no segundo trimestre de 2022, mais que dobrando em relação ao mesmo período do ano passado e 31,9% acima do 1T22.

O GMV alimentar da divisão varejo também cresceu 20,5% no 1T22, e a penetração da iniciativa de picking na loja (disponível em 100% das lojas de Varejo) foi de 43%, demonstrando a relevância da iniciativa, que traz melhores preços, sortimento e prazos de entrega mais curtos para os clientes.

A receita líquida somou R$ 24,006 bilhões no 2T22, alta de 35,9% na comparação com igual etapa de 2021.

O lucro bruto atingiu a cifra de R$ 4,567 bilhões no segundo trimestre de 2022, um aumento de 26,8% na comparação com igual etapa de 2021. A margem bruta foi de 19% no 2T22, recuo de 1,4 p.p. frente a margem do 2T21.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 2,869 bilhões no 2T22, um crescimento de 28% em relação ao mesmo período de 2021.

O faturamento do Banco Carrefour atingiu R$ 12,9 bilhões no 2T22, um aumento de 9,4% em relação ao 2T21, impulsionado tanto pelo cartão Carrefour (+7,5% ou +R$ 573 milhões) quanto pelo cartão Atacadão (+11,2% ou +R$ 454 milhões).

Em 30 de junho de 2022, a dívida líquida da companhia era de R$ 17,044 bilhões, um crescimento de 97,9% na comparação com a mesma etapa de 2021.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 2,75 vezes em junho/22, queda de 1,2 vez em relação ao mesmo período de 2021.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe