Destaques da bolsa Ações de Petrobras, Vale e siderúrgicas caem seguindo commodities em meio à cautela com acordo comercial

Ações de Petrobras, Vale e siderúrgicas caem seguindo commodities em meio à cautela com acordo comercial

Violações na concorrência

Cade abre investigação contra Visa, Mastercard, American Express e Elo

 Apuração de possíveis violações contra a concorrência

arrow_forwardMais sobre
Cartões da Visa
Bandeira Visa

SÃO PAULO – O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) abriu uma investigação contra as principais bandeiras de cartões do país para apurar possíveis violações contra a concorrência. Estão envolvidas Visa, Mastercard, Elo e American Express. 

“A investigação foi aberta com base em quatro consultas formuladas pela Redecard a respeito da eventual existência de infrações à ordem econômica em contratos das bandeiras Visa, Mastercard, Elo e American Express. As consultas foram julgadas pelo Tribunal do Cade na sessão de julgamento do dia 3 de outubro”, explicou o órgão em nota.

A partir disso, o Conselho decidiu que os casos deveriam ser objeto de investigação pela Superintendência-Geral da autarquia para “garantir a devida instrução processual e o direito de defesa das bandeiras”.

PUBLICIDADE

Em nota enviada ao InfoMoney, a Visa disse ainda que tem como um de seus pilares estratégicos garantir a segurança sistêmica da indústria. “Possibilitando assim, que os comércios sejam pagos por seus respectivos credenciadores ou facilitadores, e que os consumidores sintam-se seguros em utilizar seus meios eletrônicos de pagamentos em qualquer “maquininha”, também conhecidas como POS ou TEF”.

Ainda, a Visa diz que está à disposição do Cade “para esclarecer a importância do envio das informações solicitadas, assim como a melhor forma de compartilhar tais dados, para proteger consumidores e estabelecimentos comerciais.”

A Elo que afirmou ainda não foi notificada formalmente sobre o processo, mas “permanece à disposição das autoridades competentes para qualquer esclarecimento que se faça necessário”.

A American Express por sua vez afirmou que está ciente da investigação que vai cooperar com o Cade.

A Mastercard também foi contatada, mas ainda não se posicionou sobre o assunto até a publicação da matéria. 

Quer investir o dinheiro que sobra no fim do mês? Abra uma conta gratuita na XP.