Boa estratégia

Buffett “ganha” US$ 4,2 bilhões em um dia após promover grande mudança em sua empresa

Megainvestidor alterou a política de recompra de ações da Berkshire e viu as ações da companhia dispararem na bolsa

SÃO PAULO – Se no início da semana Warren Buffett “perdeu” US$ 3,4 bilhões ao realizar uma doação, nesta quarta-feira (18) o megainvestidor “ganhou” US$ 4,2 bilhões sem precisar fazer nada, se beneficiando apenas da disparada de 5% das ações de sua companhia, a Berkshire Hathaway. Foi o melhor pregão dos papéis da empresa, que custam cerca de US$ 300 mil, em quase 7 anos.

Esta arrancada das ações da holding ocorreu após a publicação de uma mudança na política de recompra de ações da companhia, que levou muitos analistas a apontarem como um grande “catalisador” para os papéis. Na noite de terla, a Berkshire aprovou uma emenda ao seu programa de recompra, dando ao chairman e presidente-executivo, Buffett, e ao vice-presidente, Charlie Munger, mais flexibilidade para decidir quando recomprar ações.

A velha política impedia a Berkshire de comprar suas ações se estivesse negociando acima de 120% do valor contábil. Essa já havia sido uma emenda ao programa original anunciado em 26 de setembro de 2011, o primeiro sob o comando de Buffett, segundo o qual as recompras deveriam ser feitas a preços não superiores a 110% do valor contábil.

PUBLICIDADE

O valor contábil da Berkshire, baseado em suas ações classe B, é estimado em US$ 149 por ação, enquanto seu valor intrínseco é de mais de US$ 236, segundo cálculos dos analistas do JPMorgan. As ações atualmente estão sendo negociadas a cerca de US$ 200. Com base no valor contábil, a holding não seria capaz de recomprar ações nesse nível de acordo com a política antiga, mas agora é possível com base no valor intrínseco por conta da nova política.

Segundo Sarah DeWitt, analista do JPMorgan, esta nova política dá à Berkshire mais flexibilidade para se desfazer do excesso de caixa, que ela disse ser de cerca de US$ 86 bilhões. O dinheiro tem sido um “grande obstáculo para os retornos” da companhia, especialmente porque Buffett e Munger não conseguem encontrar possíveis aquisições com um valor atraente no atual mercado.

O mercado agora já começa a levantar se esta disparada de hoje, com as mudanças de política, podem persuadir Buffett e Munger a devolver parte do dinheiro da empresa aos acionistas, o que não tem sido uma prioridade. A Berkshire não realizou nenhuma compra de ações desde que seu programa original, de 2011, foi lançado, além de não ter pago dividendos aos acionistas desde 1967.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear