British Airways reverte resultado e divulga lucro de o 65 milhões

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A British Airways, maior empresa européia de transporte aéreo, anunciou nesta segunda-feira resultados referentes ao terceiro trimestre que ultrapassa a expectativa dos analistas. A empresa comunicou que a redução de sua estrutura (incluindo a menor oferta de vôos) foi a principal mudança que pôde reverter o prejuízo do mesmo período no ano anterior em lucro agora em 2000.
O lucro operacional no trimestre foi de o 65 milhões (US$ 96 milhões), comparado com o prejuízo de o 60 milhões referente ao mesmo trimestre no ano anterior. Analistas esperavam que a empresas anunciasse lucro entre o 44 milhões e o 55 milhões. A companhia aérea divulgou que a receita trimestral aumentou 4,4%, passando para o 2,3 bilhões, de o 2,2 milhões no ano anterior. O lucro por ação foi de 5,4 centavos de libra contra o prejuízo de 6,6 centavos de libra por ação no trimestre do ano anterior.
As operações da British Airways incluem a empresa aérea de tarifas com descontos GO. Segundo rumores, a empresa já recebeu seis ofertas pela linha de negócios da GO. Os investimentos exigidos desde sua criação em 1998 atingiram o 25 milhões, e o preço oferecido pela Go varia entre o 100 milhões e o 200 milhões. A venda segue a estratégia da empresa de redução da capacidade, iniciada no ano passado, que deve gerar ainda em 2001 uma redução de mais 9% do número de funcionários. Além disso, a empresa espera estreitar as negociações com a Swissair para que esta passe a compor a aliança OneWorld, liderada pela British e pela American Airlines.

As ações da empresa operam em forte queda de 5,79% sendo cotadas a o 4,31. Apesar dos bons resultados, a queda reflete realização de lucro, dada a corrida dos investidores pelas ações da empresa iniciada há uma semana e que já gerou uma valorização de mais de 15% desde o início do ano na cotação de seus papéis.

Compartilhe