British Airlines tem prejuízo anual de £ 375 milhões, primeiro desde 2002

Crise promove impacto sobre demanda por voos e aérea britânica sofre seu primeiro prejuízo anual em sete anos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A British Airways anunciou seu primeiro resultado negativo anual em sete anos, ao reportar prejuízo de £ 375 milhões, contra as estimativas de cerca de – £ 310 milhões. No ano anterior, a aérea apresentara lucro líquido de £ 712 milhões.

Em resposta ao mau número, a terceira maior companhia de tráfego aéreo europeia comunicou que paralisará 16 aeronaves e reduzirá a capacidade de operação em 4% para atravessar a crise de demanda por voos.

Nessa toada restritiva quanto aos custos, o presidente da empresa, Willie Walsh, anunciou que cortará o quadro de funcionários da British Airways, sem especificar em quanto. Adicionalmente, a empresa reportou que não pagará dividendos referentes ao exercício de 2008.

Perdas e custos

Aprenda a investir na bolsa

Após a compra de contratos protetores do aumento dos preços de combustível – que chegaram a US$ 147,27 o barril em julho – a aérea espera arcar com £ 400 milhões a menos em termos de custos pelo produto ao longo deste ano.

Ainda acerca dos números negativos, a International Air Transport Association afirmou em março que a perda total das companhias aéreas no ano de 2009 deve montar à cifra de US$ 4,7 bilhões.