Embargo

BRF (BRFS3) diz que não foi notificada pelo governo sobre suspensão pela China

Empresa destacou que tomará medidas cabíveis e trabalhará para reverter situação

Por  Estadão Conteúdo -

A BRF (BRFS3) não foi notificada oficialmente pelo Ministério da Agricultura sobre a decisão da China de suspender as importações de carne de frango de sua unidade, em Lucas do Rio Verde (MT), declarou a companhia em nota encaminhada ao Broadcast Agro, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. Os chineses informaram que a interrupção das compras entrará em vigor no sábado (5) sem sinalizar quando os negócios podem ser retomados nem o motivo da decisão.

A empresa disse que soube da decisão por meio do comunicado chinês no site oficial da Administração Geral de Alfândegas da China (Gacc, na sigla em inglês).

A BRF destacou, ainda, que tomará as medidas cabíveis e trabalhará “na reversão da situação com as autoridades chinesas e brasileiras”.

Na nota, a companhia reiterou que “possui rigorosos processos de segurança de alimentos e controles de qualidade e reafirma seu compromisso em garantir os mais elevados padrões de qualidade e segurança.”

O Ministério da Agricultura foi procurado, mas ainda não retornou o contato.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe