Brasil abre 130.097 vagas formais de trabalho em novembro, mostra Caged

Resultado ficou abaixo do projetado por analistas, que era de 142,8 mil

Equipe InfoMoney

Publicidade

O Brasil abriu 130.097 vagas formais de trabalho em novembro, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

O resultado do mês passado ficou abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters de criação líquida de 142.841 empregos, e representou queda frente ao saldo positivo de 188.409 de outubro — dado revisado ante 190.366 informados anteriormente.

A abertura líquida foi novamente puxada pelo desempenho do setor de serviços no mês, com a criação de 92.620 postos formais, seguido pelo comércio, que abriu 88.706 vagas.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Todos os setores restantes, contudo, demitiram em novembro.

A indústria geral teve saldo negativo de 12.911 postos, a construção civil fechou 17.300 vagas e a agropecuária encerrou 21.017 vagas no mês.

Emprego nos Estados

No 11º mês do ano, 23 das Unidades da Federação obtiveram resultado positivo no Caged.

Continua depois da publicidade

O melhor desempenho entre os Estados foi registrado em São Paulo, com a abertura de 47.273 postos de trabalho. Já o pior desempenho foi observado em Goiás, que registrou o fechamento de 7.073 vagas em novembro.

O salário médio de admissão nos empregos com carteira assinada foi de R$ 2.021,73 em novembro. Comparado ao mês anterior, houve uma diminuição de R$ 9,63.

(Com Reuters e Estadão Conteúdo)