SUPER LIVES Elena Landau (economista e ex-diretora do BNDES) e Cassiana Fernandez (economista-chefe do JP Morgan) debatem o cenário econômico e a agenda de reformas no Brasil

Elena Landau (economista e ex-diretora do BNDES) e Cassiana Fernandez (economista-chefe do JP Morgan) debatem o cenário econômico e a agenda de reformas no Brasil

Economia americana

Brainard, do Fed, mira reforma para mercados abalados por Covid

“Reguladores e órgãos que definem normas têm a oportunidade de tirar lições importantes do choque da Covid sobre onde ainda existem fragilidades”, disse

(Bloomberg) — A governadora do Federal Reserve, Lael Brainard, descreveu uma ampla agenda de reforma regulatória para os próximos meses com o objetivo de ajustar o sistema financeiro, que se mostrou muito frágil para enfrentar o choque da pandemia e exigiu assistência sem precedentes de linhas de emergência financiadas pelos contribuintes.

“Reguladores e órgãos que definem normas internacionais têm a oportunidade de tirar lições importantes do choque da Covid sobre onde ainda existem fragilidades”, disse Brainard na segunda-feira em comentários preparados para o Institute of International Bankers. “Uma série de reformas de bom senso são necessárias para abordar as vulnerabilidades estruturais sem resolver na intermediação financeira não bancária e nos mercados de financiamento de curto prazo”.

Brainard preside o Comitê de Estabilidade Financeira do Fed e supervisiona uma divisão dedicada a essa iniciativa. O Fed teve de apoiar os fundos mútuos do mercado monetário, o mercado de títulos corporativos e fornecer grandes volumes de liquidez aos operadores de títulos dos Estados Unidos para manter a estabilidade do sistema financeiro durante a turbulência provocada pela pandemia.

Treasuries e fundos do mercado monetário

Brainard listou alguns mercados importantes como alvos para a revisão regulatória, incluindo os Treasuries e fundos do mercado monetário.

Pela segunda vez em 12 anos, saques nos fundos do mercado monetário “desencadearam a necessidade de intervenção política para mitigar o efeito nas condições financeiras e na economia em geral”, disse Brainard.

A governadora do Fed disse que o estresse financeiro causado pela pandemia também destacou os riscos de liquidez em fundos mútuos de títulos e no mercado dos títulos do Tesouro dos EUA.

“Alguns sugeriram que o Federal Reserve poderia fornecer linhas permanentes para apoiar operações compromissadas em condições de estresse, possivelmente criando uma linha permanente doméstica ou convertendo a temporária ‘FIMA Repo Facility’ em uma linha permanente”, disse Brainard, acrescentando que também vale a pena revisar a compensação central para os mercados à vista do Tesouro.

As autoridades do Fed monitoram se a política monetária do banco central tem alimentado bolhas de ativos e, na reunião de janeiro, destacaram os baixos spreads de risco em títulos e empréstimos corporativos, embora o endividamento das empresas tenha aumentado durante a pandemia. Alguns participantes observaram que alguns segmentos imobiliários comerciais enfrentaram a perspectiva de queda de preços e aumento do estresse como resultado do distanciamento social e da redução das viagens, segundo a ata da reunião.

“Não devemos perder a oportunidade de extrair lições do choque da Covid e instituir reformas para que nosso sistema seja mais resiliente e mais capaz de suportar uma variedade de choques possíveis no futuro, incluindo aqueles provenientes de fora do sistema financeiro”, disse Brainard.

PUBLICIDADE

Como um trader ganha dinheiro, controla perdas, equilibra o emocional e multiplica capital? Assista na Imersão Trader Estratégico, treinamento gratuito do analista Charlles Nader.