Resultados

Lucro da BR Distribuidora cresce 110% no primeiro trimestre e supera expectativas

"Continuamos a ambicionar patamares de rentabilidade que nos coloquem em posição compatível com nossa escala e participação de mercado"

SÃO PAULO – A BR Distribuidora (BRDT3) reportou um lucro líquido de R$ 492 milhões no primeiro trimestre de 2021, número acima dos R$ 478 milhões projetados pelos analistas de mercado segundo dados compilados pela Refinitiv.

Com o resultado, a distribuidora de combustíveis teve um desempenho 110,3% melhor que o do mesmo período do ano passado.

Já o Ebitda (Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações) da BR Distribuidora foi de R$ 1,18 bilhão nos primeiros três meses deste ano, o que representa um crescimento de 116,9% em relação ao início de 2020. Os analistas esperavam um Ebitda de R$ 980 milhões.

A receita líquida, por sua vez, atingiu R$ 26,13 bilhões, um crescimento de 23,3% na base anual de comparação e acima dos R$ 28,2 bilhões estimados pelo mercado.

Segundo a administração da empresa, o Ebitda elevado foi mais um passo importante em direção ao fechamento do gap de margens que historicamente distanciava a companhia do restante do setor.

“Continuamos a ambicionar patamares de rentabilidade que nos coloquem em posição compatível com nossa escala e participação de mercado, através de uma permanente busca por eficiência que entendemos ainda oferecer oportunidades adiante”, escreveram os executivos.

Série gratuita ensina na prática como identificar ativos com excelente potencial de valorização. Clique aqui para se inscrever.