Mercado

Bovespa movimenta R$ 1,44 trilhão em 2012 e atinge maior valor da história

Ações preferenciais da Vale são as mais negociadas e OGX vê seu volume cair drasticamente em 2012, segundo levantamento da Economática

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Bovespa movimentou R$ 1,44 trilhão até o dia 10 de dezembro – o maior valor já atingido pelo mercado na sua história no acumulado anual.

O montante, que ainda será superior até o final de 2012, segundo levantamento realizado pela consultoria Economática, é superior ao movimentado em todo o ano passado, de R$ 1,41 trilhão.

O volume médio diário no ano é de R$ 6,17 bilhões, o que também é o superior ao movimentado pelo mercado a vista da Bovespa da sua história – o que representa um crescimento de 9,07% na comparação com 2011. No ano passado, o volume médio foi de R$ 5,66 bilhões dia.

Desde o Plano Real, o mercado cresceu seis vezes em valores constantes ajustados pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). No ano de 1994, quando foi lançado o real, o mercado movimentou R$ 40 bilhões, que se ajustado pela inflação medida pelo IPCA até hoje equivalem a R$ 240,3 bilhões. 

As mais negociadas
Entre as 10 ações mais negociadas no ano, aparecem os papéis preferenciais da VALE (VALE5). As ações da mineradora ocupam o primeiro lugar com R$ 669,5 milhões negociados em média por dia até o dia 10 de dezembro. Contudo o valor é inferior 3 ,71% do valor registrado no ano passado, de R$ 695,3 milhões. 

Na sequência, aparecem as ações preferenciais da Petrobras (PETR4), com R$ 513,7 milhões negociados em média por dia, e os papéis do Itaú Unibanco (ITUB4), com R$ 287,1 milhões. Ambos registraram crescimento na comparação anual de 2,91% e 6,39%, respectivamente.

Volume da OGX é o que mais cai em 2012
Entre as ações mais liquidas do mercado, quatro registraram recuo do volume médio diário negociado no ano de 2012, sendo os ativos da OGX (OGXP3) que tiveram a maior queda.

Os papéis negociaram uma média diária de R$ 251,5 milhões nesse ano, representando um recuo de 13,72% na comparação com o ano passado – o que influenciou o baixo desempenho da ação em 2012, que desvalorizou 64,5% até o dia 10 de dezembro.

Já os maiores saltos de volume negociado ficaram com as ações da PDG (PDGR3) e Bradesco (BBDC4), com R$ 123,7 milhões e R$ 201 milhões, e crescimento de 17,4% e 17,31% em relação a 2011, respectivamente. 

PUBLICIDADE

Dez mais liquidas representam quase metade do volume na Bovespa
As dez ações mais liquidas no ano de 2012 concentram 43,1% do volume total negociado na Bovespa, valor inferior em 3,8 pontos percentuais em relação ao ano passado, quando as mesmas dez representavam 46,9% do total movimentado pelo mercado. 

Dessas empresas, somente uma delas apresentou crescimento de sua participação no total do mercado. A ação do Bradesco, BBDC4, representava 3,03% do total da Bovespa no ano passado e passou para 3,26% em 2012, enquanto os papéis da Vale, VALE5, foram os que mais perderam participação, caindo de 12,28% para 10,84% nesse ano.