Indicação do ministro

Bolsonaro: dei carta branca para Bento Albuquerque sugerir nomes para Eletrobras

Em entrevista ao chegar no Palácio da Alvorada, o presidente afirmou que não tem pressa para a indicação

arrow_forwardMais sobre
Bolsonaro faz aceno
O presidente Jair Bolsonaro (Bruna Prado/Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta segunda-feira, 8, que deu carta branca para que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, sugerisse nomes para a presidência da Eletrobras (ELET3;ELET6), mas afirmou que ele é quem baterá o martelo sobre a indicação.

Em 25 de janeiro, o ex-presidente da estatal Wilson Ferreira Júnior pediu demissão do cargo. O executivo assumirá o comando da BR Distribuidora (BRDT3).

Em entrevista ao chegar no Palácio da Alvorada, o presidente afirmou que não tem pressa para a indicação. “Dei carta branca para ele (Bento Albuquerque) sugerir nomes. O nome só vai ser batido martelo, obviamente, depois que eu aprovar essa indicação”, disse.

“Deixo a cargo do ministro Bento (Albuquerque). Não tenho conhecimento de pessoas para indicar para essa área. Tinha para a Petrobras, que era uma pessoa já comprovada o seu gabarito, que é o general Silva e Luna, que estava na Itaipu Binacional. Para a Eletrobras, não tenho nome e não vou inventar nenhum nome. Deixa o Bento, juntamente com seus assessores, que entendem do assunto, escolher o melhor nome”, disse.

O presidente ressaltou que o cargo é “bastante importante” e que o sistema elétrico brasileiro tem problemas. “Quando eu falei em botar o dedo na tomada é exatamente para nós nos anteciparmos a problemas”, disse em referência a uma declaração dada em fevereiro. Um dia depois de anunciar mudanças no comando da Petrobras em fevereiro, o presidente afirmou a apoiadores que a energia elétrica era “outro problema”.

Estagnado em sua profissão? Série gratuita do InfoMoney mostra como você pode se tornar um Analista de Ações em 2021. Clique aqui para se inscrever.