Bolsas norte americanas operam em forte queda no primeiro pregão do ano

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

As bolsas norte-americanas operavam em forte queda às 13h00 (horário de Nova York) no primeiro pregão do ano. Analistas atribuem o pessimismo dos investidores ao número divulgado pela NAPM (National Association of Purchasing Managers), que mede o nível de atividade industrial dos EUA. O mercado aguardava algo em torno de 47,7%, enquanto que o índice revelado pela associação foi de 43,7%, o menor desde 91. Com isso, os papéis dos fabricantes de PCïs e semicondutores, juntamente com as empresas do setor financeiro, estavam sendo os destaques de queda até o momento.

O Dow Jones Industrial, índice que reúne os papéis das blue chips, operava em baixa de 0,87%, a 10.693,32 pontos. A maior empresa dos EUA em valor de mercado, General Electric, liderava as quedas com desvalorização de 7,82%, seguida pela sua controlada Honeywell, que caía 6,74%. Entre outras gigantes que operavam em queda, destaque para a Boeing (-5,40%), que teve seus papéis rebaixados pela First Union Securities, para a American Express (-4,21%), para a Walt Disney (-3,89%) e para o banco JP Morgan (-2,61%). Por outro lado, a Phillip Morris, após terminar o ano como a empresa do índice que mais se valorizou, operava em alta de 4,26%, seguida pela SBC Communications (+4,19%), AT&T (+3,99%), GM (+3,31%) e Intel (+2,49%).

O Nasdaq Composite, índice que concentra as ações das empresas de tecnologia, apresentava baixa de 5,42%, a 2.336,71 pontos. Entre os destaques negativos vale citar a fabricante de softwares Applied Microsystems (-26,76%), que reduziu suas expectativas para o trimestre e pôs em prática um plano de redução de custos operacionais. Outra febricante de softwares, a Veritas Softwares e a empresa de segurança virtual Verisign, após terem seus papéis rebaixados, caíam 22,0% e 15% respectivamente. Também operavam em queda a Cisco Systems (-9,64%), Amazon (-8,84%), Oracle (-7,96%), Sun Microsystems (-7,62%) e Qualcomm (-7,60%). Por outro lado, a gigante das telecomunicações WorldCom era a maior alta, com valorização de 8,84% em seus papéis. Outra empresas de peso que obtinham valorização em suas ações eram Intel (+2,49%), Dell Computer (+1,43%) e Microsoft (+0,86%).

O S&P 500, índice que reúne os papéis das 500 maiores empresas norte-americanas em valor de mercado, operava em queda de 1,87%, a 1.295,55 pontos. A fabricante de equipamentos United Tecnologies apresentava baixa de 3,34% em seus papéis, enquanto a gigante America Online operava em queda de 3,33% e a Merril Lynch de 3,12%. Já entre as maiores altas, destaque para a Ford (+6,13%), Toys R Us (+5,24%), Wal Mart (+3,06%) e Exxon Mobil (+2,23%).

Compartilhe