Bolsas norte-americanas operam em alta; setores de energia e varejo são os destaques

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

As bolsas norte-americanas operavam em alta às 12h30 (horário de Nova York) desta quarta-feira. Os investidores continuam otimistas quanto aos papéis de empresas do setor de energia, devido ao preço do gás natural, que se encontra no maior patamar dos últimos dez anos e ao inverno nos EUA, que não dá sinais de que vá ficar mais ameno no curto prazo. A Conference Board (organização sem fins lucrativos) divulgou hoje o Leading Indicators, índice que reflete o aquecimento da economia norte-americana, que apresentou queda de 0,2%, em linha com as expectativas do mercado. Outro setor que operava em alta era o varejista, beneficiando-se da melhora de última hora nas vendas de Natal e dos indicadores que reduzem o risco de um pouso abrupto da economia dos EUA. Não há setores que estejam operando em queda generalizada hoje.

O Dow Jones Industrial, índice que reflete o desempenho das blue chips norte-americanas, operava com valorização de 0,49%, a 10.745,14 pontos. Os destaques de alta eram as varejistas Wal Mart e Home Depot, que subiam 4,32% e 3,23% respectivamente. Outras gigantes que também operavam em alta eram a fabricante de equipamentos HP (+2,95%), a fabricante de PCïs IBM (+2,80%), a produtora de bens de consumo Procter & Gamble (+2,35%) e a gigante do petróleo Exxon Mobil (+2,02%). Já entre as empresas que apresentavam queda, destaque para International Paper (-3,51%), Caterpillar (-1,83%), Microsoft (-1,60%), Alcoa (-1,45%) e JP Morgan (-1,29%).

O Nasdaq Composite, índice que concentra os papéis das empresas de tecnologia, apresentava valorização de 1,03%, cotado a 2.519,24 pontos. Entre as maiores altas estavam a fabricante de equipamentos para redes de fibra ótica JDS Uniphase (+8,51%), além de Qualcomm (+6,79%), Dell (+2,86%), Intel (+%), Cisco Systems (+1,38%) e Amazon (+0,74%). Por outro lado, a fabricante de softwares para sistemas de segurança Network Associates, após anunciar ontem no encerramento do pregão que espera prejuízos entre US$ 130 e US$ 140 milhões no quarto trimestre, tinha seus papéis desvalorizados em 71,28%. A empresa justificou as perdas com o desaquecimento da economia e a consequente redução no número de encomendas. Outros destaques de queda eram Yahoo! (-2,40%), Ericsson (-1,65%), Oracle (-0,81%) e Sun Microsystems (-0,41%).

O S&P 500, índice que reúne os papéis das 500 maiores empresas norte-americanas em valor de mercado, operava em alta de 0,77%, a 1.325,37 pontos. A maior alta ficava com a fabricante de artigos para vestuário GAP (+10,13%), seguidas de perto pelas varejistas Toys R Us (+8,94%), Sears (+5,82%) e The Limited (+4,69%). Já os destaques de queda iam para Palm (-5,93%), Seagram (-5,61%), Nextel (-4,66%), TimeWarner (-4,52%) e Aol (-4,36%).

Compartilhe