Bolsas norte-americanas operam em alta avaliando indicadores externos

Dólar chega ao menor patamar em 15 meses; commodities e setor financeiro avançam, AIG e Macy’s recuam

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – As principais bolsas norte-americanas operam no positivo nesta quarta-feira (11), rumando para a sexta sessão consecutiva de alta. O dólar aproxima-se do menor patamar de 15 meses, após o Federal Reserve reforçar que a taxa básica de juro deve continuar em patamares baixos por algum tempo.

Por causa do feriado do Dia dos Veteranos, o mercado de títulos e várias empresas não abrem no país, mas as bolsas funcionam normalmente. Sem indicadores relevantes divulgados nos EUA, os investidores se voltam para os dados da China e do Japão que saíram nesta quarta-feira.

Indicadores externos

A produção industrial chinesa de outubro mostrou a maior alta desde março de 2008, ajudando a impulsionar as ações de mineradoras e empresas de commodities, que têm na economia chinesa um dos principais compradores. No Japão, os pedidos de máquinas subiram, vindo acima do dobro das projeções.

Destaques

As ações da seguradora AIG operam em queda de 3,5%, após o CEO (Chief Executive Officer), Robert Benmosche, anunciar aos diretores do conselho que ele está cansado de seu trabalho, segundo matéria do Wall Street Journal. Pessoas próximas ao CEO teriam dito que ele está frustrado por liderar uma empresa que é majoritariamente controlada pelo governo.

Já as ações do Wal-Mart avançam 0,92%, após o gigante anunciar que irá oferecer um cartão de presente no valor de US$ 100 para os consumidores que comprarem BlackBerrys. As ações da Research In Motion, empresa que produz o aparelho, avançam 1,79%.

Resultados corporativos

O lucro da Macy’s bateu as expectativas dos analistas, porém a empresa diminuiu suas projeções para o ano, minando o entusiasmo dos investidores. Com isso, as ações têm forte desvalorização de 8,29%.

A Toll Brothers, por sua vez, relatou melhora nos lucros, devido ao aumento dos pedidos de casa e à diminuição dos cancelamentos. Com isso, a empresa do setor imobiliário vê suas ações subirem 14,74%.

Bancos em alta

Os principais bancos norte-americanos operam com as ações em alta, seguindo os ganhos do setor financeiro nas bolsas ao redor do mundo. O Bank of America (+2,31%) e o Wells Fargo (+2,63%) veem os papéis subirem forte no pregão, e as ações do Goldman Sachs avançam 1,75%.

Confira as cotações

O &iacute;ndice Nasdaq Composite, que concentra as a&ccedil;&otilde;es de tecnologia,  opera em valoriza&ccedil;&atilde;o de 0,56% e atinge 2.163 pontos.<br>O S&amp;P 500, que engloba as 500 principais empresas dos EUA, negocia  em leve alta de 0,44% a 1.098 pontos, enquanto o Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, sobe 0,36%, chegando a 10.284 pontos.

%Var DiaPontos%Var 30D%Var Ano
Nasdaq+0,562.163+1,12+37,16
S&P 500+0,441.098+2,01+21,54
Dow Jones+0,3610.284+4,02+17,17

Compartilhe