Bolsas norte-americanas fecham em forte alta com otimismo de investidores

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

19:28h – 22/12
InfoMoney

São Paulo – As bolsas norte-americanas fecharam em forte alta no pregão de hoje. Para alguns analistas, o otimismo dos investidores é fruto de três fatores principais. Um deles seria o baixo preço de muitas ações após sete dias de quedas consecutivas. As declarações do presidente eleito George W. Bush, de que fará o que for preciso para evitar que a economia caminhe para uma recessão foi outro deles. Por fim, os dados divulgados hoje pelo Departamento de Comércio dos EUA, que mostram um crescimento maior que o esperado pelo mercado de pedidos de bens duráveis e do nível de renda pessoal, aumentou a esperança de um pouso suave da economia norte-americana. Assim, o destaque positivo foi para o setor de tecnologia, enquanto o de bens de consumo e o farmacêutico foram os que apresentaram os piores desempenhos.

O Dow Jones Industrial, índice que concentra os papéis das blue chips norte-americanas, fechou em alta de 1,41%, a 10.635,56 pontos. Os destaques foram Alcoa (+9,65%), HP (+9,57%), IBM (+9,12%), após obter recomendação de compra pela corretora Salomon Smith Barney e Microsoft (+6,91%). Já os destaques de queda foram para Walt Disney (-4,51%), Philip Morris (-3,26%), Home Depot (-2,92%), GM (-2,55%), Merck (-2,16%), e Boeing (-1,84%), que enfrentará uma concorrência ainda mais acirrada após o lançamento do A380 pela sua rival Airbus.

O Nasdaq Composite, índice que reúne as ações de empresas de tecnologia, encerrou o dia com uma valorização de 7,56%, a 2.517,05 pontos. Entre as maiores altas estão a fabricante de softwares Real Networks (+35,39%) e a produtora de organizadores eletrônicos Palm (+15,49%), que se recuperaram das fortes quedas de ontem. A fabricante de equipamentos para telecomunicações Ciena declarou que suas vendas não estão sendo afetadas pelo desaquecimento da demanda e manteve suas projeções de crescimento para o próximo ano. Com isso suas ações subiram 28,60%, seguidas pela Sun Microsystems (+18,33%) e Yahoo! (+15,37%). Já entre os destaques de queda estão JDS Uniphase (-4,93%), que teve seus papéis rebaixados pela seguradora Wachovia Securities, WorldCom (-2,20%) e Intel (-0,57%).

O S&P 500, índice que reflete o desempenho das 500 maiores empresas norte-americanas, fechou em alta de 2,43%, a 1.305,90 pontos. Dentre as empresas que mais se valorizaram estão Texas Instruments (+9,69%), Oracle (+7,42%), Cisco Systems (+6,59%) e Nortel Networks (+4,61%). Já entre as empresas que fecharam em queda, destaque para a Ford (-5,43%), após a empresa reduzir suas expectativas para o trimestre, seguida pela Lucent Tecnologies (-4,41%), GM (-2,68%), Verizon Communications (-1,92%) e Bristol Myers (-1,53%).

Compartilhe