Abertura do Dia

Bolsas mundiais caem com balanços; resultados também são destaque no Brasil

Nesta quinta-feira, mais 10 empresas divulgam o balanço operacional do segundo trimestre

(Bloomberg) — O mercado espera para a noite o anúncio do 1º leilão de rolagem do vencimento de swaps de set, enquanto BC não anunciou leilão de rolagem para hoje e fará leilão de linha, assim como leilão regular de swaps. O dia ainda tem resultado fiscal, leilão de LTN e balanços no Brasil.

Na agenda dos EUA têm seguro-desemprego na véspera do payroll, já à noite, sai o PMI industrial da China. A Vale lucra abaixo do previsto, Bradesco acima. As bolsas externas caem com balanços abaixo do esperado.  O petróleo recua com oferta nos EUA, liderando declínio de commodities. Dólar se fortalece ante maioria das demais moedas.

Às 7:30, este era o desempenho dos principais índices:
* S&P 500 Future -0,6%
* FTSE 100 -0,2%
* CAC 40 -0,7%
* Shanghai SE Composite +0,9%
* Nikkei 225 -0,2%
* MSCI World -0,2%

Ainda não conhece a página da Bloomberg dentro do InfoMoney? Clique aqui e confira

INTERNACIONAL: Ações caem, futuros apontam baixa em NY
   
* Bolsas globais caem com resultados abaixo do esperado de cias. como Samsung e Deutsche Lufthansa
* Futuros americanos de ações e MSCI emergentes recuam, ações europeias caem após Adidas reduzir previsões de lucro
* Ações do Banco Espírito Santo chegaram a cair 51% em Lisboa; Banco de Portugal disse que BES precisará fazer captação para aumentar capital
* Fed disse ontem que percebe uma “significativa subutilização de mão de obra” antes de payroll que sai amanhã
* Comentário sinaliza que Fed tende a não subir juros tão cedo, após PIB dos EUA +4% no 2T
* S&P disse que Argentina deu calote após não pagar juros de dívida de US$ 13 b
* Dólar sobe ante 12 das principais moedas, rand e dólar australiano tem maiores perdas; moeda americana também avança ante maioria das divisas emergentes
* Petróleo WTI cai abaixo de US$ 100 com alta dos suprimentos nos EUA; S&P GSCI tem 4ª baixa seguida
* Cobre e outros metais caem 
* Juros dos treasuries e de títulos da França, Alemanha, Itália e Espanha caem; taxas de Portugal e Grécia sobem

AGENDA DO DIA: Swaps, leilão de linha, fiscal, balanços

PARA ACOMPANHAR:
* BC deve anunciar hoje após fechamento 1º leilão de rolagem para swaps vencendo em 1/set, no total de US 10,07 bi
* BC não faz leilão de rolagem hoje, no último dia útil de julho; leilões diários vinham sendo de 7.000 contratos
* Sem leilão hoje, BC deixa US$ 2,8 bi sem rolagem do total vencendo em 1/ago.
* BC faz leilão de linha de até US$ 2,25 bi em 2 etapas: 10:30 e 10:45
* BC faz leilão de até 4.000 swaps cambiais, 9:30-9:40, resultado a partir de 9:50
* Diário do Grande ABC pode divulgar pesquisa eleitoral p/ presidência c/ eleitores do ABC paulista 
* Argentina é rebaixada para ‘Default Seletivo’ de CCC- por S&P
* Tesouro faz leilão de LTN para 2015, 2016 e 2018
* Confiança do consumidor CNI, 11:00
* Bancos devem obter juros maiores para resgatar elétricas: Folha
* Base de Dilma na Câmara é a mais infiel: Valor
* Azul espera conseguir 14 a 16 novos slots por dia, diz Neeleman

GOVERNO:
* Dilma sanciona lei que cria o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil e viaja a São Paulo, para a inauguração do Templo de Salomão, 19:00
* Mantega tem reuniões internas
* Secretário de Política Econômica da Fazenda, Márcio Holland, tem reunião com representantes da Fenabrave, 11:00, e com representantes do BNDES, 15:00
* Tombini participa de reunião do Conselho Monetário Nacional

EVENTOS CORPORATIVOS:
* CTEEP (TRPL4) teleconf. 10:00
* Santos Brasil (STBP11) teleconf. 10:00 port., 12:00 ing.
* Vale (VALE5) teleconf. 10:00 port., 12:00 ing.
* Embraer (EMBR3) teleconf. 10:30
* Totvs (TOTS3) teleconf. 10:30 port., 12:00 ing.
* Arezzo (ARZZ3) teleconf. 11:00
* Klabin (KLBN4) teleconf. 11:00
* Ambev (ABEV3) teleconf. 12:00
* Santander (SANB11) teleconf. 10:00 imprensa, 12:00 ing.,
13:30 port.
* Energias do Brasil (ENBR3) teleconf. 15:00

PUBLICIDADE

ECONOMIA:
* 9:00: Inflação indústria transform. IBGE junho (ant. -0,24%)
* 9:30: Seguros-desemprego EUA 26/7, est. 300.000 (ant. 284.000)
* 10:30: Resultado nominal junho, est. -R$ 20,7 bi (ant. -32,4 bi)
* 10:30: Resultado primário junho, est. -R$ 1 bi (ant. -11,1 bi)
* 10:30: Relação dívida/PIB junho, est. 34,8% (ant. 34,6%)
* 10:45: PMI Chicago julho, est. 63,0 (ant. 62,6)
* 22:00: PMI manufaturas China julho, est. 51,4 (ant. 51,0)
* 22:45: PMI manufaturas HSBC China julho, est. 52,0 (ant.52,0)

BALANÇOS:
* BRF (BRFS3) pós-merc., est. R$ 334,4 mi
* Fleury (FLRY3) pós-merc., est. R$ 26,7 mi
* Magazine Luiza (MGLU3) pós-merc., est. R$ 20,7 mi
* Minerva (BEEF3) pós-merc., est. R$ 36,3 mi
* PDG (PDGR3) pós-merc.
* Paranapanema (PMAM3) pós-merc.
* Smiles (SMLE3) pós-merc., est. R$ 67,1 mi
* SulAmerica (SULA11) pós-merc., est. R$ 71,3 mi
* Tim (TIMP3) pós-merc., est. R$ 346,8 mi
* Technos (TECN3) pós-merc.

EMPRESAS: Vale, Bradesco, Petrobras, Totvs, CTEEP, Santos

* Vale (VALE5): Lucro líquido 2T R$ 3,19 bi, est. R$ 4,58 bi
* Bradesco (BBDC4): Lucro líq. ajustado R$ 3,8 bi no 2T; est. R$ 3,6 bi
* Ante lucro líq. ajust. de R$ 3,47 bi no 1T14 e de R$ 2,98 bi no 2T13
* Ambev (AMBV4): lucro líq. ajustado R$ 2,22 bi no 2T14; est. R$ 2,28 bi
* Embraer (EMBR3): Lucro Líq. 2T R$ 319,8 mi, est. ajust. R$ 253 mi
* Santander (SANB11): Lucro líq. ajust. R$ 527,5 mi no 2T; est. R$ 1,38 bi
* Banco anuncia acordo com Bonsucesso e terá fatia de 60% na parceria
* ALL (ALLL3) é reiniciada com compra pelo BTG Pactual; Top pick em transportes
* CCR pretende captar R$ 500 mi em debêntures: Valor
* CTEEP: Lucro líquido R$ 90,1 mi 2T, receita líq. R$ 218,4 mi, est. R$ 222,7 mi
* Energias do Brasil: Lucro líquido de R$ 183,6 mi no 2T
* Iochpe-Maxion (MYPK4): WPA comprou ações, tem 5,34% das ordinárias
* Petrobras (PETR4): Repar está com operações normalizadas após parada parcial em 29/julho
* São Martinho é rebaixada de overweight para neutra pelo JPMorgan
* Santos Brasil (STBP11): Lucro líquido 2T R$ 25,2 mi; est. ajust R$ 33 mi
* Totvs (TOTS3): Lucro líq. 2T14 R$ 64 mi X R$ 54 mi 2T13 * Telefónica entrou com recurso contra decisões do Cade