Mercados

Bolsas europeias sobem e futuros de NY oscilam em dia de cautela antes de Opep+ e desemprego nos EUA

A expectativa é que os pedidos de seguro-desemprego nos EUA na última semana cheguem a 5 milhões

Números bolsas
Shutterstock
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As Bolsas europeias abriram em alta nesta quinta-feira. Os índices futuros de Nova York têm oscilado entre leves altas e baixas.

O dia é de cautela, antes das reuniões da Opep+ e do Eurogrupo e da divulgação dos pedidos semanais do seguro-desemprego nos Estados Unidos.

Por volta das 7h10, o índice FTSE, da Bolsa de Londres, tinha alta de 0,44%, enquanto o Dax, do mercado alemão, valorizava 0,46% (acompanhe a cobertura dos mercados em tempo real no Telegram do InfoMoney).

Aprenda a investir na bolsa

Na Ásia, as bolsas de valores fecharam em leve alta, com a exceção de Tóquio, que fechou praticamente estável, com queda de -0,04%.

O governo americano vai divulgar os dados do seguro-desemprego relativo à semana terminada em 4 de abril nesta manhã. Economistas ouvidos pela CNBC esperam um total de 5 milhões. Na semana anterior, o número foi de 6,6 milhões, um recorde.

Na Europa, os investidores esperam a retomada, mais tarde nesta quinta, da reunião do Eurogrupo, grupo que reúne os ministros da economia dos países da zona do euro e deve decidir um pacote de resgate de até 1,5 trilhão de euros para socorrer a economia atingida pela pandemia do coronavírus.

As expectativas também estão voltadas para a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados, incluindo a Rússia (Opep+). Analistas acreditam que os países chegarão a um acordo sobre reduzir a produção.

Com isso, os preços do petróleo estão em alta. O WTI subia quase 6% nesta manhã, para US$ 26,54 o barril. Já o Brent subia 3,8%, para US$ 34,10 o barril.

Como se tornar um trader consistente? Aprenda em um curso gratuito os set-ups do Giba, analista técnico da XP, para operar na Bolsa de Valores!

PUBLICIDADE