Bolsas européias operam em queda

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

As bolsas européias operam em baixa nesta segunda-feira, influenciadas principalmente pelo setor de telecomunicações.

Na Bolsa de Londres, o índice FTSE-100 operava em declínio de 0,47% às 10h30 de Brasília. As principais quedas do pregão ficavam com as ações da empresa de software Misys (-4,48%) e das telefônicas Vodafone (-2,65%), British Telecom (-2,34%) e Cable and Wireless (-1,22%). Por outro lado, os destaques positivos eram os papéis das petrolíferas BP Amoco (+1,30%) e Shell (+1,01%).

Em Paris, o índice CAC40 caía 0,37%, puxado pelos papéis da fabricante de equipamentos para telecomunicações Alcatel (-2,98%) e da fabricante de semicondutores STMicroelectronics (-1,65%). As ações da companhia de telecomunicações France Telecom caíam 3,25%, após a empresa ter anunciado a venda de 15% das ações de sua subsidiária de telefonia móvel Orange, por um valor abaixo do esperado pelo mercado. Em contrapartida, as principais altas ficavam com a fabricante de cosméticos LïOreal (+3,18%), com a petrolífera TotalFinaElf (+2,39%) e com a varejista Carrefour (+2,15%).

Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX apresentava baixa de 0,47%, tendo como destaques negativos as ações da empresa de software de gestão empresarial SAP (-3,15%), da fabricante de semicondutores Infineon Technology (-3,10%) e da farmacêutica Bayer (-1,28%). Já os papéis da siderúrgica ThyssenKrupp subiam 1,68%, em virtude do anúncio de que o consórcio Transrapid, da ThyssenKrupp com a Siemens, fechou um contrato com a China para a construção de uma ferrovia de alta velocidade, ligando o aeroporto de Shangai ao centro da cidade. Outros destaques de alta eram os papéis da montadora BMW (+2,70%) e da farmacêutica Schering (+0,24%).

Compartilhe