Bolsas européias operam em leve queda

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

As bolsas européias operam em leve queda nessa quinta-feira, apesar de todo o pessimismo no mercado norte-americano devido à manutenção da taxa básica de juros dos pelo FED e à desaceleração da economia dos EUA, além da previsão de piores resultados para os próximos trimestres por parte da companhia de telecomunicações AT&T. Além disso, a corretora Merrill Lynch rebaixou os papéis da IBM, Cisco e da HP devido à redução mundial da demanda por microcomputadores pessoais. As bolsas norte-americanas fecharam ontem em forte queda, com destaque para a bolsa eletrônica Nasdaq, que recuou 7,12%.

A Bolsa de Londres operava em queda às 09h50, com o índice FTSE-100 perdendo 0,57%. A empresa de mídia Reuters (-4,0%), a companhia de softwares Misys (-3,1%) e a distribuidora de gás BG Group (-2,9%) figuravam entre as maiores quedas dentro do índice. A empresa de telecomunicações British Telecom (-2,8%) também caía consideravelmente, enquanto os principais destaques positivos do pregão ficavam com a varejista Dixons (+3,7%) e com a seguradora Allied Zurich, que subia 2,8%.

Em Paris, o índice CAC 40 apresentava queda de 0,36%. As principais quedas do índice ficavam com a empresa de mídia Canal + (-3,2%), a Danone (-2,5%) e a consultora tecnológica CAP Gemini (-1,8%). As ações da petrolífera Total Fina Elf (-1,3%) e a France Telecom (-0,7%) também eram destaques negativos. Já a empresa de mídia TF1 (+2,8%) e a holding Bouygues (+2,4%) apresentavam as principais altas do dia.

Em Frankfurt, o índice DAX 30 operava em queda de 0,35%. As montadoras BMW (-3,8%) e Volkswagen (-1,2%) e a Adidas (-2,0%) apresentavam as maiores quedas dentro do índice. A Deutsche Telekom (-1,4%) e a empresa de tecnology Infineon Technology (-1,0%) também mostravam fracos desempenhos. Os destaques positivos do pregão ficavam com os papéis da companhia aérea Lufthansa (+1,7%) e o banco Deutsche Bank (+1,4%).

Compartilhe