Bolsas européias operam em discreta queda

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

As bolsas européias operam em ligeira queda nesta quinta-feira, atentas à abertura das bolsa norte-americana e ao resultados de empresas dos EUA, como a Microsoft, que deverá divulgar resultados hoje após o fechamento regular do pregão.

Em Londres, o índice FTSE-100 operava em queda de 0,01% às 10h15 de Brasília. As principais quedas do pregão ficavam com as ações das empresas farmacêuticas AstraZeneca (-1,57%) e GlaxoSmithKline (-0,72%) e com a petrolífera Shell (-0,09%). Por outro lado, os destaques positivos eram as ações da empresa de software Autonomy (+7,00%), da empresa de mídia Reuters (+2,92%) e da fabricante de semicondutores ARM Holdings (+2,83%),

Em Paris, o índice CAC40 caía 0,21%, puxado pelos papéis da fabricante de equipamentos para telecomunicações Alcatel (-3,37%) e das farmacêuticas Aventis (-2,78%) e Sanofi-Synthelabo (-2,36%). Outros destaques de queda ficavam com as instituições financeiras Societé Generale (-2,45%) e BNP Paribas (-1,40%). Em contrapartida, as principais altas ficavam com a empresa de telecomunicações France Telecom (+3,18%), com a fabricante de materiais de construção Bouygues (+2,74%) e com a holding de artigos de luxo LVMH (+2,16%). Também subiam os papéis da empresa de software Cap Gemini (+1,38%) e da fabricante de semicondutores STMicroelectronics (+0,76%).

Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX apresentava baixa de 0,73%, tendo como destaques negativos as ações da empresa de software de gestão empresarial SAP (-4,55%), da companhia química Basf (-2,71%) e da fabricante de semicondutores Infineon Technology (-0,77%). Também caíam os papéis das farmacêuticas Bayer (-2,21%) e Schering (-1,65%). Já os papéis da empresa de telecomunicações Deutsche Telekom (+2,72%) e da montadora DaimlerChrysler (+2,18%) eram os principais destaques de baixa do pregão.

Compartilhe