Bolsas européias fecham em alta aguardando decisão do FED, mas Londres e Bruxelas apresentam quedas

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A maioria das bolsas européias fechou em alta nesta quarta-feira, com exceção de Londres e Bruxelas. O mercado europeu operou com cautela hoje, aguardando a decisão do FED sobre o destino da taxa de juros norte-americana. O Banco Central Europeu se reunirá amanhã para definir a taxa de juros na zona do euro, decisão que poderá ser afetada pelo resultado do FED. Nesta quarta-feira, o Eurostat divulgou a taxa de desemprego na zona do euro referente ao mês de dezembro, que apresentou uma taxa de 8,7%, mantendo praticamente inalterada a taxa de novembro de 8,8%.

Em Londres, o índice FTSE 100 fechou em baixa de 0,59%, pressionado pelos setores de telecomunicações e financeiro. Nesta quarta-feira, o Llodys TSB Group anunciou que realizará uma fusão com o banco Abbey National; após a divulgação da operação, as ações dos bancos fecharam em baixa de 4,76% e 4,19%, respectivamente. Os destaques de queda ficaram para as ações das telefônicas Vodafone (-1,83%) e British Telecom (-1,93%), e da varejista Tesco (-1,93%). Por outro lado, os papéis das petrolíferas BP Amoco (+1,73%) e Shell (+1,08%), e da fabricante de semicondutores ARM Holdings (+6,00%) registraram as altas mais significativas da bolsa londrina.
O índice CAC 40 da Bolsa de Paris encerrou o pregão em alta de 1,37%, impulsionado pelas ações da Alcatel (+7,87%), que divulgou ter encerrado o ano de 2000 com um crescimento de 77% no lucro operacional e 36% nas vendas, ambos em relação a 1999. Entre as maiores altas estão as ações da industrial Alstom (+4,57%), da TotalFinaElf (+2,19%), que anunciou que resultados acima do esperado pelo mercado, e das farmacêuticas Sanofi-Synthelabo (+1,48%) e Aventis (+1,49%). As maiores quedas ficaram para as ações do grupo Bouygues (-2,95%), da Danone (-3,73%) e da Suez Lyonnaise des Eaux (-2,74%).
Em Madri, o índice Ibex 35 fechou em alta de 0,80%, influenciado pelo bom desempenho do setor bancário, com as ações do BSCH (+1,51%) e do BBV Argentaria (+2,20%) apresentando alta. Outros destaques de variação positiva foram as ações da Terra Networks (+3,65%), da Iberdrola (+1,74%) e da Endesa (+1,54%). Contrariando a tendência da bolsa espanhola, a petrolífera Repsol (-1,86%), a Telefônica (-0,05%) e a Amadeus Global Travel (-2,22%) apresentaram variações positivas.

O índice DAX 30 da bolsa de Frankfurt fechou em alta de 0,83%, impulsinado pelas ações de tecnologia. Nesta quarta-feira, a Siemens anunciou um aumento de 32% no lucro do quarto trimestre; e a empresa fabricante de semicodutores Infineon, subsidiária da Siemens, também divulgou ter registrado um lucro acima do esperado pelo mercado. Após a divulgação desses resultados, as ações da Siemens e da Infineon fecharam o pregão em alta de 2,18% e 5,03%, respectivamente. Outros destaques de alta ficaram com os papéis da DaimlerChrysler (+2,21%), da Basf (+2,10%) e da SAP (+3,83%). As quedas mais significativas do índice DAX 30 ficaram com as ações da Thyssen Krupp (-1,49%), do Deutsche Bank (-0,29%) e do Commerzbank (-0,91).











































</table

Compartilhe
Outros Mercados: Milão MIB 30 +0,40%
Amsterdã AMS Exchange +0,80 %
Zurique Swiss Market +0,13%
Lisboa BVL 30 0,39%
Moscou Moscow Times +0,22%
Bruxelas BEL 20 -0,07%%
Istambul ISE National-100 +2,53%
Estocolmo Stockholm General +1,98%