Bolsas europeias encerram com sinais opostos, em sessão de realização lucros

Commodities recuam e pressionam os negócios; setor de telecomunicações e aviação se destacam entre os ganhos

Por  Equipe InfoMoney

SÃO PAILO -As principais bolsas europeias encerraram com sinais opostos nessa quinta-feira (12), com os negócios pressionados pela realização dos lucros acumulados em sessões anteriores. Grandes empresas como BT Group e Peugeot aumentarem suas projeções para o ano, mas bancos e commodities pesaram contra.

Nos Estados Unidos, os pedidos por auxílio-desemprego vieram menores que o esperado, amenizando o sentimento negativo com o mercado de trabalho após o fraco Employment Report da última semana.

Commodities e bancos em queda

O dólar se valoriza frente às principais divisas internacionais na sessão, fator que pressiona as cotações das commodities, levando as empresas do setor a registrar baixas no pregão. Destaque para as ações de Tullow Oil (-1,76%) e a Fresnillo (-1,74%).

A maior parte dos bancos também assistiu suas ações se desvalorizarem. Em Paris, os papéis de BNP Paribas e Société Générale caíram 1,23% e 1,59%, respectivamente. Em Frankfurt, o Commerzbank encerrou com as ações em baixa de 1,44%, enquanto os papéis do Royal Bank of Scotland recuaram 3,02% em Londres.

Telecomunicações em alta

Os papéis da BT Group encerraram em alta de 3,66% na bolsa de Londres, após a companhia de telefonia aumentar sua previsão de fluxo de caixa para o final do ano, com as receitas caindo menos do que o previsto anteriormente, após o corte de custos empregado pela empresa.

Setor automotivo

A Peugeot aumentou o guidance de vendas, afirmando que o setor automotivo se recuperou na região e reduzindo sua projeção de prejuízo de € 1 bilhão para € 826 milhões. As ações da montadora encerraram em alta de 0,42% na bolsa de Paris.

Em resposta, as ações da Volkswagen lideraram as perdas no índice DAX 30, caindo 4,83% , com a possibilidade da empresa alemã perder participação de mercado para a concorrente francesa.

Aviação

A British Airways e a Ibéria se destacaram positivamente nos índices FTSE 100 e Ibex 35, respectivamente, após as empresas anunciarem que estão considerando uma proposta de fusão no valor de US$ 7 bilhões.

As ações da empresa britânica subiram 7,50%, enquanto os papéis da espanhola Ibéria avançaram 11,78%.

Cotações de fechamento

 O &iacute;ndice FTSE 100 da bolsa de Londres apresentou leve alta de 0,19% e atingiu 5.277 pontos, acumulando no ano forte alta de 19,00%. <br> Por outro lado, CAC 40  da bolsa de Paris encerrou  em leve baixa de 0,17%, atingindo 3.808 pontos chegando a uma valoriza&ccedil;&atilde;o18,34% no ano.

A Bolsa de Frankfurt, apresentou leve baixa de 0,08% , atingindo 5.664 pontos, acumulando forte valorização de 17,75%.

%Var DiaPontos%Var 30D%Var Ano
FTSE 100+0,195.277+2,37+19,00
DAX 30-0,085.664-0,88+17,75
CAC 40-0,173.808+0,18+18,34
SMI-0,306.356+0,54+14,84
FTSE MIB-0,2523.209-3,01+19,27
Compartilhe