5 assuntos

Bolsas dos EUA caminham para 1ª alta após várias semanas de perdas; inflação americana e mais assuntos do mercado hoje

Na Ásia, ações do Alibaba registraram forte alta na esteira de bom resultado; por aqui, investidores ficam de olho na política, com divulgação do Datafolha

Por  Equipe InfoMoney -

Os índices futuros de Nova York e bolsas da Europa sobem, mesma direção de fechamento dos mercados asiáticos na manhã desta sexta-feira (27), com temores sobre o aperto da política monetária diminuindo ligeiramente.

Hoje sai o PCE de abril (9h30), o índice de preços preferido pelo Fed para a inflação, com previsão de alta de 4,9% em relação ao mesmo mês de 2021, segundo consenso Refinitiv. Na quinta-feira (26), a queda acima do esperado do PIB 1º trimestre (-1,5%) levou a uma alta das ações, com um alívio nas preocupações com um aperto mais agressivo da política monetária do banco central dos Estados Unidos.

Os mercados também permanecem atentos ao conflito na Ucrânia, com uma autoridade dos EUA dizendo que a Rússia está fazendo “progresso incremental” na região de Donbass.

O Ministério da Defesa da Rússia afirmou durante a noite que permitirá que navios estrangeiros deixem os portos do Mar Negro e do Mar de Azov, de acordo com a agência de notícias estatal Interfax, em meio a crescentes preocupações com o aumento global dos preços dos alimentos.

No Brasil, o cenário eleitoral deve ocupar maior espaço, depois que o Datafolha mostrou que há chance de Lula ser eleito no primeiro turno.

Do lado corporativo, a expectativa fica para o protocolo da oferta de ações da Eletrobras que estava previsto para esta quinta-feira (26).

Confira mais destaques:

1. Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA operam com leves ganhos na manhã desta sexta-feira (27), com os principais índices no caminho para quebrar uma sequência de sete semanas de perdas.

Os resultados corporativos do varejo continuaram após o fechamento do mercado na quinta-feira. As ações da Ulta Beauty subiram cerca de 7% no after-market após resultados trimestrais melhores do que o esperado, enquanto a Gap afundou cerca de 13% após reduzir seu guidance (projeção) de lucro.

Os investidores estarão de olho na agenda econômica, incluindo os dados de preços, renda pessoal e gastos do consumidor.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

  • Dow Jones Futuro (EUA), -0,16%
  • S&P 500 Futuro (EUA), -0,50%
  • Nasdaq Futuro (EUA), -0,86%

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam no campo positivo, com destaque para Hang Seng, de Hong Kong, que subiu quase 3% depois que a gigante de tecnologia Alibaba divulgou resultados trimestrais melhores na quinta-feira.

  • Shanghai SE (China), +2,41%
  • Nikkei (Japão), +1,75%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), +4,01%
  • Kospi (Coreia do Sul), +1,03%

Europa

Os mercados europeus sobem em sua maioria, caminhando para uma semana positiva com os temores sobre o aperto da política monetária diminuindo ligeiramente.

Os mercados na Europa fecharam em alta nesta quinta-feira, recebendo um impulso depois que o ministro das Finanças britânico, Rishi Sunak, anunciou uma série de medidas para enfrentar a crise do custo de vida do país, incluindo um chamado “imposto inesperado” sobre os lucros das gigantes de petróleo e gás.

A quinta-feira também marcou o fim do Fórum Econômico Mundial, onde os principais financistas, políticos e empresas do mundo se reuniram em Davos, para discutir os problemas que a economia global enfrenta. Algumas previsões sombrias foram feitas, principalmente para a Europa, que muitos economistas consideram vulnerável à recessão.

  • FTSE 100 (Reino Unido), +0,34%
  • DAX (Alemanha), +1,27%
  • CAC 40 (França), +1,20%
  • FTSE MIB (Itália), +1,06%

Commodities

Os preços do petróleo sobem nesta sexta-feira (27), com o petróleo Brent a caminho de seu maior salto semanal em um mês e meio, apoiado pela perspectiva de uma proibição da UE ao petróleo russo e a próxima temporada de verão nos Estados Unidos.

  • Petróleo WTI, +0,68%, a US$ 106,08 o barril
  • Petróleo Brent, +1,09%, a US$ 108,76 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 4,19%, a 869,50 iuanes, o equivalente a US$ 131,95

Bitcoin

  • Bitcoin, -0,53% a US$ 39.439,32 (em relação à cotação de 24 horas atrás)

2. Agenda

Nesta sexta-feira, atenção para os dados de gastos e renda das famílias americanas referentes a abril, bem como o deflator do consumo, que é o principal índice de inflação monitorado pelo FED.

Brasil

9h: Pesquisa eleitoral -XP/Ipespe

EUA

9h30: Gastos e renda pessoais mensais de abril

9h30: Estoques no atacado mensal

9h30: Núcleo índice de preços do PCE de abril, com projeção Refinitiv de alta mensal de 0,3% e anual de 4,9%

11h: Confiança consumidor Michigan

14h: Contagem de sonda Baker Hughes

3. Bolsonaro critica compensação em teto do ICMS 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, criticou nesta quinta-feira, 26, o teor do texto aprovado na quarta-feira, 25, pela Câmara que estabeleceu um teto de 17% na alíquota do ICMS cobrado por Estados sobre os combustíveis pelo mecanismo de compensação e disse que pode vetar a medida.

Para diminuir resistências, a Câmara inseriu no projeto um gatilho temporário para compensar Estados e municípios quando a perda de arrecadação do ICMS foi superior a 5%.

Lula tem 48% das intenções de voto e Bolsonaro soma 27%, diz Datafolha

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na dianteira da corrida eleitoral pelo Palácio do Planalto e detém 48% da preferência dos eleitores, ao passo em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) registra 27% de intenção de voto, demonstrou pesquisa divulgada nesta quinta-feira pelo Datafolha.

Realizada entre os dias 25 e 26 de maio –e, portanto, após a desistência do pré-candidato à Presidência pelo PSDB, o ex-governador de São Paulo João Doria–, a pesquisa não pode ser comparada com a anterior, uma vez que traz cenários com variáveis diferentes.

Bolsonaro diz que tendência é reajuste de 5% a todos os servidores

Depois de várias sinalizações de que daria aumentos privilegiados a policiais, o presidente Jair Bolsonaro (PL) indicou ontem (26) que irá recuar da ideia e afirmou que a tendência é conceder aumento de 5% a todas as categorias.

4. Covid

Na última quinta-feira (26), o Brasil registrou 136 mortes e 30.033 casos de covid-19 em 24h, segundo informações do consórcio de veículos de imprensa, às 20h.

A média móvel de mortes por Covid em 7 dias no Brasil ficou em 108, elevação de 10% em comparação com o patamar de 14 dias antes.

A média móvel de novos casos em sete dias foi de 17.313, o que representa baixa de 1% em relação ao patamar de 14 dias antes.

Chegou a 165.771.688 o número de pessoas totalmente imunizadas contra a Covid no Brasil, o equivalente a 77,16% da população.

O número de pessoas que tomaram ao menos a primeira dose de vacinas atingiu 178.339.267 pessoas, o que representa 83,01% da população.

A dose de reforço foi aplicada em 91.640.768 pessoas, ou 42,66% da população.

5. Radar Corporativo

Petz (PETZ3)

A Petz realizará pagamento de proventos no dia 30 de junho de 2022. Terão direito aos JCP referidos os acionistas na data-base de 30 de junho de 2021 (respeitadas as negociações realizadas até essa data, inclusive). Os JCP, no valor total bruto de R$ 5 milhões, correspondem ao valor bruto de R$ 0,01269063884 por ação.

Quanto aos valores complementares, o montante total é de R$ 4,321 milhões, mas será realizado o pagamento da primeira parcela, de R$ 2,160 milhões. A segunda parcela será paga até 31 de dezembro de 2022.

Já os JCP relativos ao segundo semestre de 2021, no valor total bruto de R$ 10 milhões, correspondente a R$ 0,02298544557 por ação ordinária, na data-base de 23 de dezembro de 2021, serão pagos também até 31 de dezembro de 2022.

Banco de Brasília (BSLI3)

Banco de Brasília aprovou a antecipação do pagamento de Juros sobre o Capital Próprio (JCP), no valor de R$26.853.058,87, que correspondem a R$0,072314623 por ação ON e R$ 0,079546085 por ação PN.

Terão direito aos Juros sobre o Capital Próprio os acionistas possuidores de ações no dia 01 de junho, sendo seu crédito correspondente realizado no dia 10.06.2022.

Rumo (RAIL3)

A Rumo atualizou valor pago em dividendo para R$ 0,01930664406384, valor este maior do que o valor por ação divulgado no Aviso de 27.04.2022.

O pagamento será realizado com base na posição acionária de 27 de abril de 2022 (data base), sendo que, desde 28 de abril de 2022,as ações da companhia sob o código de negociação “RAIL3” vem sendo negociadas “ex” dividendos.

(Com Estadão, Reuters e Agência Brasil)

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe