Bolsas dos EUA caem com soft landing ameaçado

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

A Associação Nacional de Gerentes de Compras dos EUA (Natinal Association of Purchasing Management – NAPM) anunciou hoje o Índice dos Gerentes de Compra (Purchasing Managers’ Index – PMI) para o mês de dezembro de 2000, que foi de 43,7%, 4 pontos percentuais a menos que o índice de novembro que era de 47,7% e menor que a expectativa do mercado de 47%. O índice abaixo de 50 representa contração econômica e dezembro foi o mês que registrou o índice mais baixo desde abril de 1991. A atividade econômica no setor industrial declinou em dezembro pelo quinto mês consecutivo, enquanto a economia como um todo cresceu 0,5% em dezembro, num ritmo mais lento que nos meses anteriores.


A indústria está reduzindo a produção na tentativa de eliminar os altos estoques gerados pela queda nas demandas interna e externa. Por outro lado, os preços aumentaram, assim como o desemprego no setor industrial. As principais influências sobre os preços dos produtos norte-americano no período aconteceram pelo encarecimento do petróleo no mercado mundial e pelas taxas de juros relativamente altas da economia. Como conseqüência os produtos importados passaram a ser mais atrativos, em especial as matérias-prima, como é o caso do aço.

O índice de produção da NAPM caiu em dezembro para 42,4% em relação a novembro, quando foi de 49,6%, no terceiro mês consecutivo que este índice fica abaixo de 50, o menor desde março de 1991. Os estoques apresentam queda dos 42,2% verificado em novembro para 39,8% em dezembro, significando a tentativa da indústria norte-americana de queimar os excessos de produção. O índice de novos pedidos da associação para dezembro foi de 42%, representando uma queda de 6,4 pontos percentuais em relação a novembro, quando o índice foi de 48,4%, sendo que em nenhum dos vintes setores analisados a quantidade de pedidos aumentou. Já o índice de preços subiu de 56,6% em novembro para 61% em dezembro, mostrando que as indústrias vêm tendo pressões inflacionárias nos custos de suas matérias-primas.

Os índices divulgados pela NAPM são baseados em dados compilados mensalmente de executivos da área de compras de 350 empresas diferentes. São vinte setores industriais representados por empresas em várias regiões geográficas dos EUA, e os dados adquirem um peso semelhante à contribuição da indústria no Produto Interno Bruto norte-americano. Os dados divulgados hoje, além de reforçar um possível desaquecimento brusco da economia, expõem o pessimismo dos administradores quanto à atividade comercial para o ano que começou.

O relatório divulgado pela NAPM influencia fortemente o mercado acionário, que opera em forte queda nesta terça-feira. A bolsa eletrônica Nasdaq registra queda no índice Nasdaq Composite de 5,42% em relação ao fechamento anterior, sendo cotado a 2.336 pontos. O Dow Jones, que reúne as 30 blue chips norte-americanas, cai 0,75%, cotado a 10.706 pontos. O S&P 500, formado pelas 500 maiores empresas dos EUA, opera cotado a 1.297, em baixa de 1,70%.

Compartilhe