Bolsas de NY sobem e principais índices marcam novos recordes lastreados no Fed

Por outro lado, as ações da Apple despencaram mais de 4%, após a empresa ser alvo de um processo sob a acusação de que exerce um monopólio ilegal em smartphones que exclui concorrentes e sufoca a inovação

Estadão Conteúdo

(Getty Images)

Publicidade

As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quinta-feira, 21, com novas máximas históricas de fechamento nos três principais índices de Wall Street, diante da continuidade do otimismo com a perspectiva de que as taxas de juros serão cortadas pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) na reunião de junho. Mesmo com os recordes, os índices perderam fôlego com o desenrolar da sessão.

As ações da Apple despencaram mais de 4%, após a empresa ser alvo de um processo sob a acusação de que exerce um monopólio ilegal em smartphones que exclui concorrentes e sufoca a inovação

No fechamento, o índice Dow Jones subiu 0,68%, aos 39.781,37 pontos; o S&P 500 teve alta de 0,32%, aos 5.241,53 pontos; e o Nasdaq computou ganho de 0,20%, aos 16.401,84 pontos.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O setor financeiro foi um dos destaques positivos no pregão desta quinta-feira. O Goldman Sachs disparou 4,35%. O Morgan Stanley, Citigroup e o Bank of America amealharam altas de mais de 2%.

As ações da Apple ficaram de fora do bloco com ganhos. Na sessão, o papel cedeu 4,13% e foi a maior queda entre as 30 componentes do Dow Jones.

O Departamento de Justiça (DoJ, na sigla em inglês) dos Estados Unidos anunciou, nesta quinta-feira, um amplo processo antitruste contra a companhia, acusando a gigante da tecnologia de deter poder de monopólio no mercado de smartphones e usar seu controle sobre o iPhone para aplicar uma conduta ampla, sustentada e ilegal.

Continua depois da publicidade

Ainda no setor de tecnologia, a Micron Technology saltou 14,9% com fortes lucros e rumou para seu melhor dia desde dezembro de 2011. O desempenho inspirou compras em outras ações do setor de semicondutores, com a Nvidia e Intel avançando 1,18% e 0,52%, respectivamente. A Broadcom fechou em alta de 5,64%.

As ações da Reddit dispararam 48% em estreia na bolsa após oferta pública inicial.

A rodada de indicadores nos EUA mostrou sinais melhores do setor imobiliário. As vendas de moradias usadas saltaram 9,5% em fevereiro ante janeiro, em contraste com o recuo de 1,7% no mês. Já o número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos teve uma leve baixa de 2 mil, a 210 mil, na semana encerrada em 16 de março, ante a previsão de 215 mil solicitações. O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos EUA caiu de 52,5 em fevereiro para 52,2 em março, em linha com a previsão de analistas consultados pela FactSet.

Os índices de Nova York percorreram um longo caminho. No sábado, 23 de março, será o aniversário de quatro anos da mínima da pandemia para os principais índices. O Dow subiu cerca de 113% desde a mínimo de 23 de março de 2020, enquanto o S&P 500 avançou 134%. O Nasdaq ganhou ao redor de 139% no mesmo período, de acordo com o Dow Jones Market Data.

*Com Dow Jones Newswires