Bolsas de NY fecham em queda, após PIB dos EUA e com preparativos para dados de inflação

O Dow Jones cedeu 0,06%, o S&P 500 caiu 0,17% e o Nasdaq recuou 0,55%

Estadão Conteúdo

Publicidade

As bolsas de Nova York fecharam em queda, com o Dow Jones cedendo pela terceira sessão seguida, à medida que os investidores adotaram uma postura cautelosa antes da divulgação do principal dado monitorado pelo Federal Reserve para suas análises sobre o comportamento da inflação. O dia foi pontuado por manifestações prudentes de integrantes do Federal Reserve (Fed), enquanto a revisão em leve baixa dos dados do Produto Interno Bruto dos Estados Unidos no quarto trimestre não abalou a convicção de que a economia norte-americana segue robusta. O levantamento trouxe ainda sinais da persistência da inflação no período.

O Dow Jones cedeu 0,06%, aos 38.949,02 pontos. O S&P 500 caiu 0,17%, aos 5.069,76 pontos. O Nasdaq recuou 0,55%, aos 15.947,74 pontos.

Entre os ativos componentes do Dow Jones, a Boeing subiu 2,78%. A fabricante de aeronaves deve apresentar em 90 dias um plano para corrigir problemas graves de qualidade e segurança de seus aviões, informou a Administração Federal de Aviação (FAA, da sigla em inglês) nesta quarta-feira.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

As ações da Nvidia cederam 1,32%, sem que a fabricante americana de processadores expondo dificuldade para esticar os ganhos vistos na semana passada após a divulgação de lucros acima do esperado. O ETF Ark Genomic Revolution, da famosa gestora Cathie Wood, vendeu quase 6.700 ações da Nvidia na terça-feira, ou cerca de US$ 5,2 milhões com base no preço de fechamento, de acordo com dados divulgados diariamente. Na segunda-feira, o fundo já tinha vendido 2.700 ações da Nvidia.

Entre as outras ações do bloco das “7 Magníficas”, a Apple recuou 0,66%, devolvendo a alta da véspera. Na terça-feira, a companhia anunciou o fim de seu projeto de construir o seu próprio veículo elétrico, após dez anos de pesquisas na área. A decisão ocorre em meio à dificuldade para a fabricante do iPhone tentar ganhar espaço no segmento liderado pela Tesla.

A Meta encerrou o pregão em baixa de 0,62% . A Amazon cedeu 0,22% e a Microsoft teve variação de +0,06%. A Tesla também foi na contramão e subiu 1,16%.

Continua depois da publicidade

A percepção de que a economia dos Estados Unidos segue com um crescimento acima do potencial se manteve entre vários analistas, mesmo após a revisão em leve baixa da estimativa do PIB do quarto trimestre do ano passado. No relatório, o núcleo do PCE foi revisado em alta, de 2,0% a 2,1%, ilustrando a persistência das pressões inflacionárias. O mercado, contudo, aguarda o índice de preços de gastos com consumo pessoal (PCE, na sigla em inglês) de janeiro, que sai na manhã desta quinta-feira.

* Com Dow Jones Newswires