Bolsas da Europa fecham em alta com inflação mais branda nos EUA

Índice Stoxx 600 tem alta de 1%

Reuters

Foto: Reuters
Foto: Reuters

Publicidade

As ações europeias avançaram nesta quarta-feira (12), com um salto de setores sensíveis aos juros, depois que uma leitura branda da inflação nos Estados Unidos aumentou as expectativas de que o Federal Reserve possa dar início ao ciclo de afrouxamento monetário em breve.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 1,08%, a 522,89 pontos, depois de cair nas últimas três sessões, marcando o maior salto percentual em um único dia desde janeiro.

O humor global permaneceu otimista após dados mostrarem que os preços ao consumidor dos EUA ficaram inesperadamente inalterados em maio, enquanto as pressões inflacionárias subjacentes diminuíram no mês passado.

Continua depois da publicidade

“Esperávamos que o número da inflação geral se comportaria bem desta vez… o que nos anima particularmente é a leitura do núcleo”, disse Frederique Carrier, chefe de estratégia de investimento da RBC Wealth Management. “Estamos animados com a temporada de balanços nos EUA e sabemos que os juros estarão caindo.”

Operadores aumentaram as apostas de que o Fed cortará os custos de empréstimos em setembro após os dados. O setor imobiliário, que é mais sensível aos juros, liderou os ganhos no STOXX 600 com um salto de 2,7%, enquanto o de tecnologia avançou 2,4%.

Baixe uma lista de  10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

Tópicos relacionados