Bolsas da Europa ensaiam recuperação após pregões fracos, de olho em indicadores

A última rodada de PMIs da Europa veio melhor do que se previa

Estadão Conteúdo

Publicidade

As bolsas europeias operam em alta na manhã desta quinta-feira, 4, ensaiando recuperação após dois pregões fracos, enquanto investidores avaliam dados de atividade e aguardam mais indicadores.

Por volta das 6h45 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 subia 0,36%, a 476,13 pontos.

A última rodada de PMIs da Europa veio melhor do que se previa. Na leitura final de dezembro, os PMIs de serviços da zona do euro, da Alemanha e do Reino Unido superaram as expectativas. O mesmo indicador da China também mostrou avanço, atingindo o maior patamar em quatro meses.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Nas próximas horas, a atenção vai se voltar para dados da inflação ao consumidor (CPI) alemão e indicadores dos EUA, incluindo o PMI de serviços da S&P Global e pesquisa da ADP sobre criação de empregos pelo setor privado.

O apetite por risco predomina nos mercados europeus apesar da decepção com a última ata de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), que não apontou uma trajetória clara para os juros americanos e pesou em Wall Street ontem.

Às 7h03 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 0,07%, a de Paris avançava 0,30% e a de Frankfurt ganhava 0,29%. Já as de Milão, Madri e Lisboa tinham altas de 0,59%, 0,76% e 0,75%, respectivamente.