Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em baixa, com perdas lideradas por Hong Kong

O Hang Seng teve queda de 2,16% em Hong Kong, a 15.865,92 pontos, pressionado pelo subíndice do setor imobiliário

Estadão Conteúdo

(Getty Images)

Publicidade

São Paulo, 16/01/2024 – As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta terça-feira, com perdas lideradas por Hong Kong e em meio a uma possível correção técnica no Japão após um recente rali.

O Hang Seng teve queda de 2,16% em Hong Kong, a 15.865,92 pontos, pressionado pelo subíndice do setor imobiliário, que sofreu um tombo de 3,2% após resultados decepcionantes de vendas em 2023.

Em outras partes da Ásia, o Nikkei caiu 0,79% em Tóquio, a 35.619,18 pontos, numa provável correção técnica após o índice japonês acumular ganhos por seis pregões consecutivos e renovar máximas em quase 34 anos, enquanto o sul-coreano Kospi recuou 1,12% em Seul, a 2.497,59 pontos, e o Taiex apresentou baixa de 1,14% em Taiwan, a 17.346,87 pontos.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Na China continental, o índice Xangai Composto contrariou o viés negativo da região e subiu 0,27%, a 2.893,99 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto ficou praticamente estável, com perda marginal de 0,03%, a 1.743,02 pontos.

No fim da noite de hoje, serão divulgados números do Produto Interno Bruto (PIB) chinês referentes ao quarto trimestre de 2023, assim como dados mensais de produção industrial e vendas no varejo.

Na Oceania, a bolsa australiana também ficou no vermelho, após fracas pesquisas locais sobre confiança do consumidor. O S&P/ASX 200 caiu 1,09% em Sydney, a 7.414,80, pontos, seu menor patamar desde 14 de dezembro.

Continua depois da publicidade

*Com informações da Dow Jones Newswires