Bolsas da Ásia e Pacífico fecham em baixa, após pior dia de Wall Street em semanas

Mau humor na região asiática veio após as bolsas de NY sofrerem perdas de até 1% no pior pregão em várias semanas

Estadão Conteúdo

Publicidade

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam em baixa nesta quarta-feira, seguindo o comportamento de Wall Street, que teve ontem seu pior desempenho diário em semanas em meio a preocupações com a trajetória dos juros básicos nos EUA.

O índice japonês Nikkei caiu 0,97% em Tóquio, a 39.451,85 pontos, enquanto o Hang Seng recuou 1,22% em Hong Kong, a 16.725,10 pontos, o sul-coreano Kospi cedeu 1,68% em Seul, a 2.706,97 pontos, e o Taiex perdeu 0,63% em Taiwan, a 20.337,60 pontos, após um grave terremoto atingir a ilha.

Na China continental, o Xangai Composto teve modesta baixa de 0,18%, a 3.069,30 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 0,66%, a 1.767,96 pontos.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O mau humor na região asiática veio após as bolsas de Nova York sofrerem perdas de até 1% ontem, em seu pior pregão em várias semanas, diante de temores de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) seja cauteloso e deixe para começar a reduzir juros apenas mais adiante, talvez no segundo semestre.

Com a falta de apetite por risco, pesquisa da S&P Global/Caixin que mostrou o PMI de serviços chinês avançando a 52,7 em março, como previsto, ficou em segundo plano.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou igualmente no vermelho, também sob o peso de Wall Street. O S&P/ASX 200 teve queda de 1,34% em Sydney, a 7.782,50 pontos.