Europa e Ásia

Bolsas asiáticas tem leve queda, enquanto Europa fica atenta à Grécia

Por outro lado, a bolsa de Xangai exibiu o maior ganho em quatro meses, liderada por ações de infraestrutura e transportes, depois que Pequim convidou investidores privados a ajudar a construir US$ 318 bilhões de projetos que vão desde rodovias a túneis

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A maioria dos índices acionários asiáticos fechou em alta nesta segunda-feira, com o índice em Xangai registrando a maior alta diária desde 21 de janeiro. 

Mas o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,05 por cento às 7h29 (horário de Brasília). O movimento vinha após a aceleração da inflação nos Estados Unidos e discurso da chairwoman do Federal Reserve, Janet Yellen, reforçarem expectativas de que o banco central norte-americano caminha para elevar os juros.

A bolsa de Xangai exibiu o maior ganho em quatro meses, liderada por ações de infraestrutura e transportes, depois que Pequim convidou investidores privados a ajudar a construir US$ 318 bilhões de projetos que vão desde rodovias a túneis. A atividade deve ser contida nesta sessão, com as bolsas em Hong Kong e Coreia do Sul fechadas, enquanto os mercados no Reino Unido e Estados Unidos não abriram devido feriados. A bolsa japonesa avançou, impulsionada pela queda do iene e pelo avanço das exportações japonesas em abril.

Aprenda a investir na bolsa

Já na Europa, o dia é de leves quedas para os principais índices, com os mercados de olho nas negociações da Grécia; neste fim de semana, as negociações sobre se o país irá pagar ou não a dívida dominaram as atenções no final da última semana. 

A Grécia tem a responsabilidade de pagar seus passivos mas precisa firmar um acordo com seus credores o mais rapidamente possível devido a seu aperto de liquidez, disse o porta-voz do governo nesta segunda-feira, respondendo pergunta sobre se será capaz de fazer um pagamento da dívida em 5 de junho.

Questionado sobre declarações de autoridades, incluindo o ministro do Interior, que afirmaram que a Grécia não tem dinheiro suficiente para fazer esse pagamento, Gabriel Sakellaridis reiterou a postura oficial do governo de que fará seu melhor, mas precisa de mais auxílio financeiro em breve. 

Cabe lembrar que hoje o mercado deve registrar menores volumes em meio ao feriado do Memorial Day nos EUA, em que as bolsas por lá estarão fechadas. 

(Com Reuters)