Abertura

Bolsas asiáticas sobem pelo 4º pregão; no Brasil, Copom deve sinalizar passos da Selic

Além da Ata do Copom, agenda doméstica tem resultado de mais 3 empresas

Bloomberg – O mercado espera tirar da Ata do Copom, que sairá hoje de manhã, sinais para reforçar ou desestimular percepção de que cresceram chances de o próximo passo da política monetária ser de corte da Selic. A agenda desta quinta-feira ainda traz a produção da Vale (VALE5), balanço da Usiminas (USIM5), leilões de swap cambial e títulos e desemprego.

As bolsas da Ásia subiram pelo 4º dia com aceleração da atividade na China para maior nível em 18 meses, enquanto o PMI acelera na Região do Euro e contribui para ganhos nas bolsas europeias. A UE apresenta proposta de sanções mais amplas à Rússia. Rublo lidera perda ante dólar entre emergentes.

Às 7:30, este era o desempenho dos principais índices:
* S&P 500 Future +0,1%
* FTSE 100 +0,1%
* CAC 40 +0,7%
* Shanghai SE Composite +1,3%
* Nikkei 225 -0,3%
* MSCI World +0,1% 

INTERNACIONAL: PMI acelera na Europa e China; UE propõe sanções

* Bolsas europeias sobem com aceleração do PMI da Região do Euro em julho, enquanto balanços impactam ações individuais
* PMI composto Região do Euro julho: 54; est. 52,8 (ant. 52,8)
* Nokia crava máxima em mais de 3 anos com lucro acima das estimativas; Roche e Danske Bank também têm reações positivas a balanços; BASF cai com resultado abaixo do previsto
* Receita da Unilever no 2T ficou abaixo do esperado
* Pres. da cia. diz que economia brasileira ameaça ficar paralisada
* UE apresenta proposta que prevê suspensão das compras de títulos ou ações emitidos por bancos ligados ao Estado russo
* Fundo soberano da Noruega, o maior do mundo com US$ 890 bi, reavalia suas posições em ativos russos
* Juro do título russo p/ 2027 sobe e rublo cai pela 1ª vez em 3 dias com receios sobre sanções da UE
* Dólar sobe ante 9 e cai ante 4 das 16 principais moedas; rand lidera alta e dólar da Nova Zelândia puxa a baixa
* Bolsa da China avança à máxima em 3 meses com PMI ampliando otimismo sobre crescimento no ano
* PMI HSBC manufatura China julho: 52; est. 51 (ant. 50,7) {ECO China}
* Newcrest Mining despenca com anúncio de baixa contábil de US$ 2,4 bi associada a uma mina em Papua Nova Guiné
* Minério de ferro futuro cai na Bolsa de Dalian; futuros de barras reforçadas de aço cedem
* Goldman eleva de US$ 16.000/t p/ US$ 22.000 previsão de preço do cobre em 12 meses; metal sobe 
* Produção de minério de ferro aumenta mesmo com queda de preço do produto
* Juro dos treasuries e taxas dos títulos do Reino Unido, França e Alemanha sobem 

AGENDA DO DIA: Ata do Copom, produção da Vale, desemprego

PARA ACOMPANHAR:

  • BC divulga ata da última reunião do Copom às 8:30, em seu webiste
    * BC faz leilão de até 4.000 swaps cambiais, 9:30-9:40, resultado a partir de 9:50
    * BC também faz leilão de rolagem de até 7.000 contratos de swap cambial p/ ago., 11:30-11:40, result. 11:50
    * Tesouro disse que volume emitido de Global 2045 foi US$ 3,5 bi, oferta poderá ser estendida para Ásia
    * Fernando Garrido, coordenador-geral da dívida pública, comenta o resultado da dívida pública em junho, 15:00
    * Unica divulga dados da produção de cana-de-açúcar na região Centro-Sul na 1ª quinzena/julho, 12:00
    * Cooxupé: Colheita de café estava 59,5% concluída até 18/julho
    * Pátria levanta US$ 1,75 bi para fundo de private equity:Valor

GOVERNO:

* Dilma se reúne com Marcelo Odebrecht, pres. da Organização Odebrecht, às 10:00, e viaja ao Rio, onde visita obras da integração de sondas de perfuração do pré-sal em Angra dos Reis e obras do Parque Olímpico na capital à tarde
* Mantega se reúne com pres. da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, 18:00
* Tombini tem atividades de trabalho em Brasília

PUBLICIDADE

EVENTOS CORPORATIVOS:

  • Vale (VALE5 BZ) relat. produção 2T, pré-merc.: Prévia
    * Cremer (CREM3) teleconf. 10:00
    * GPA (PCAR4) teleconf. 11:00
    * Weg (WEGE3) teleconf. 11:00
    * Usiminas (USIM5) teleconf. 11:00

ECONOMIA:

  • 9:00: Taxa desemprego IBGE junho, est. 5,1%
    * 9:30: Seg.-desemprego EUA, 19/7, est. 307.000 (ant. 302.000)
    * 10:45: PMI Markit manufatura EUA, julho, est. 57,5 (ant. 57,3)
    * 11:00: Venda novas casas junho EUA, junho, est. 475.000 (ant. 504.000)
    * 14:30: Relat. Dívida Pública junho (ant. R$ 2,12 tri)
    * 20:30: IPC inflação Japão junho, est. 3,5% (ant. 3,7%)

BALANÇOS:
* Usiminas (USIM5) pré-merc.
* Grendene (GRND3) pós-merc.
* Hering (HGTX3) pós-merc., est. R$ 79,4 mi

EMPRESAS: Vale, Petrobras, Natura, GPA, Eletrobras

* BR Malls (BRML3): Vendas totais preliminares +6,8% a/a p/ R$ 5,4 bi 2T
* CCR (CCRO3) e EcoRodovias (ECOR3) são rebaixadas para neutra pelo Credit Suisse
* Cremer (CREM3): Lucro líq. R$ 5,37 mi, receita líq. R$ 153,4 mi no 2T
* Eletrobras (ELET6): Geração Futuro vendeu ações, tem 4,96% das preferenciais
* Karsten (CTKA4): J. Malucelli deixou de ter ações da cia.
* Natura (NATU3): Lucro líq. 2T R$ 175,8 mi; est. ajust. R$ 218,5 mi
* Santander espera reação negativa “já que a reignição do crescimento (e estabilização das margens) continua uma preocupação”
* Itaú BBA: Capacidade da cia. de reativar crescimento “terá papel fundamental no desempenho das ações nos próximos meses”
* Bradesco BBI: Dados fracos de forma generalizada; ambiente macroeconômico fraco e feriados a/a puxaram desaceleração nas vendas
* OGPar (OGXP3) tentará vender fatia na Parnaíba Gás Natural em 6/ago depois de não ter conseguido atrair interessados em leilão ontem: EstadoB
* Pão de Açúcar (PCAR4): Lucro líquido 2T R$ 264,3 mi; est. ajust. R$ 278,6 mi
* Santander cita desempenho “resiliente” da divisão de alimentos; reação deve ser ligeiramente positiva “já que o mercado antecipou parcialmente essa impressão”
* Itaú BBA: Desempenho no 2T14 “pode sustentar desempenho da ação no curto prazo”
* Bradesco BBI: Ganhos de eficiência relacionados às despesas com vendas, gerais e administrativas leveram à melhora nas margens e lucro
* Petrobras (PETR4): TCU multa ex-executivos da cia. em US$ 792 mi por Pasadena
* Vale (VALE5) vê evolução ‘positiva’ em projeto Carnalita de potássio