AO VIVO Por Dentro dos Resultados - Cielo (CIEL3): conheça os detalhes do resultado da empresa em 2020 em entrevista com CEO

Por Dentro dos Resultados - Cielo (CIEL3): conheça os detalhes do resultado da empresa em 2020 em entrevista com CEO

Euforia no mercado

Bolsa sobe 7% em 3 dias e leva 8 ações para disparada de mais de 10%

Se considerar as ações que subiram mais de 7%, essa soma aumenta para 20 papéis do índice, contra apenas 6 que acumulam queda no período

SÃO PAULO – O Ibovespa viveu 3 dias de euforia, levando para a maior alta seguida desde agosto de 2015. Nessa corrida, o índice subiu 6,8%, perdendo apenas para alta de 7,6% registrada entre os fechamentos do dia 24 e 27 de agosto do ano passado. A disparada fez o índice retomar o patamar dos 40 mil pontos, perdido dia 12 de janeiro.

No meio dessa onda de agitação na Bolsa, que também tem puxado os mercado globais, veio um reforço no coro otimista pelo banco Morgan Stanley, que disse em relatório hoje que os investidores começam a ver valor no Brasil e que a fase do real fraco pode estar no fim. 

Essa corrida de investidores levou 8 ações do Ibovespa para disparada de mais de 8%, com Cemig encerrando como a campeã do índice, com alta de 32%. Rumo (RUMO3, +27,33%), Copel (CPLE6, +14,42%), CCR (CCRO3, +13,46%), Ecorodovias (ECOR3, +13,24%) e Petrobras ON (PETR3, +11,59%) completam o top 5 do período.

Se considerar as ações que subiram mais de 7%, essa soma aumenta para 20 papéis do índice, contra apenas 6 que acumulam queda. São eles: Usiminas PN (USIM5, -16,00%), JBS (JBSS3, -3,29%), Oi (OIBR4, -2,75%), Cyrela (CYRE3, -0,97%), Fibria (FIBR3, -0,92%) e Braskem (BRKM5, -0,83%).

Já entre as maiores contribuições para a alta do Ibovespa nesses três dias, que leve em consideração o peso de cada ação no índice, assim como sua variação, os destaques são: Ambev (ABEV3), Itaú Unibanco (ITUB4) e Petrobras ON (PETR3), que contribuíram juntas para puxar o índice para cima em 625 pontos. 

Fora do Ibovespa, ganhou destaque as ações da Gol (GOLL4, +23%), Saraiva (SLED4, +35%), Restoque (LLIS3, +26,5%) e Eletrobras ON (ELET3, +20%), ambas com altas de mais de 20% no período.