EUA

Bolsa de Nova York retoma negociações após paralisação de três horas e meia

De acordo com o reportado pela Reuters, citando uma fonte, um problema técnico causou a interrupção dos negócios

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – No início da tarde desta quarta-feira (8), as negociações com todas as ações na Bolsa de Nova York foram suspensas. As negociações foram suspensas às 11h32 pelo horário de Nova York (12h32 pelo horário de Brasília) e voltaram a ser negociadas, aos poucos, por volta das 15h10 hora local (16h10 horário de Brasília).

Com a retomada, os três principais índices americanos eram negociados próximos de suas mínimas do dia: o Dow Jones registrava perdas de 1,36%, enquanto o Nasdaq recuava 1,73% e o S&P 500 caia 1,60%.

A NYSE disse pelo Twitter que o que causou o problema foram questões técnicas e não um ataque cibernético. A NYSE informou que todas as ordens enviadas foram canceladas e que escolheram suspender as negociações para evitar maiores problemas por conta da questão técnica. Já a Nasdaq reportou que não houve problemas técnicos e continuou a negociar as ações listadas na NYSE

Aprenda a investir na bolsa

Vale ressaltar que um problema no sistema de computadores da companhia United Airlines fez com que todas as aeronaves da empresa ficassem em solo em todos os aeroportos dos Estados Unidos hoje. 

Em entrevista ao portal americano CNBC, o diretor de operações Art Cashin informou que já havia problemas técnicos antes mesmo da bolsa abrir. Câmeras da CNBC que registram o pregão na NYSE mostraram as telas dos operadores sem as cotações atualizadas. O presidente dos EUA, Barack Obama, foi informado sobre a interrupção dos negócios, disse um funcionário da Casa Branca, que também negou um possível ataque.