Guerra na Europa

Bolsa de Moscou reabre após 1 mês fechada devido à guerra e sobe mais de 4%

Ações das petroleiras Lukoil e Rosneft saltaram 12,42% e 16,97%, respectivamente; as da companhia aérea Aeroflot despencaram 16,44%

Por  Equipe InfoMoney -

A Bolsa de Moscou reabriu nesta quinta-feira (24), após um mês fechada, com alta volatilidade. As operações estavam suspensas na MOEX desde 25 de fevereiro, um dia após a Rússia invadir a Ucrânia.

O MOEX Russia Index (IMOEX) abriu em forte alta e chegou a subir mais de 12%, mas recuou ao longo do pregão e fechou com alta de 4,37% em relação à abertura, aos 2.578,51 pontos.

Leia também:

A operação foi parcial, com apenas 33 ativos sendo negociados das 9h50 às 14h (entre 3h50 e 8h em Brasília). O Banco Central russo proibiu as vendas a descoberto e os investidores estrangeiros de vender ações.

Entre os papéis liberados pra negociação hoje estão o de gigantes russas como Gazprom, Lukoil, Rosneft, Rusal, Sberbank e VTB Bank.

As ações das petroleiras Lukoil e Rosneft saltaram 12,42% e 16,97%, respectivamente, e as da companhia aérea Aeroflot fecharam em queda de 16,44% (durante o pregão a queda passou dos 20%).

Além das restrições às negociações dos ativos, o governo russo vai aplicar US$ 10 bilhões do fundo soberano do país para sustentar seus mercados financeiros, segundo a Business Insider.

EUA chamam reabertura de ‘farsa’

O governo dos Estados Unidos chamou a reabertura da Bolsa de Moscou de “uma farsa”. A declaração foi dada pelo assessor econômico da Casa Branca, Daleep Singh, em comunicado.

O vice-conselheiro de segurança nacional dos EUA para economia internacional acusou o governo russo de estar “apoiando artificialmente as ações das empresas que estão sendo negociadas”.

“Este não é um mercado real e não é um modelo sustentável — o que apenas ressalta o isolamento da Rússia do sistema financeiro global”, afirmou o assessor econômico da Casa Branca.

“Os Estados Unidos e nossos aliados e parceiros continuarão tomando medidas para isolar ainda mais a Rússia da ordem econômica internacional enquanto continuar sua guerra brutal contra a Ucrânia”, concluiu Singh.

Bolsa despenca com a guerra

Apesar da forte alta desta quinta, o MOEX Russia Index ainda está em um patamar muito abaixo dos 4.287,52 pontos alcançados em 21 de outubro de 2021.

O índice chegou a bater 2.058,12 pontos em 24 de fevereiro, dia da invasão à Ucrânia — uma queda de 52% em relação a outubro —, mas já subiu mais de 25% desde então.

No ano, o índice MOEX havia perdido cerca de 35% de seu valor até a reabertura de hoje, enquanto o índice em dólar despencou 42%.

Ainda não investe no exterior? Estrategista da XP dá aula gratuita sobre como virar sócio das maiores empresas do mundo, direto do seu celular – e sem falar inglês

Compartilhe