Bolsa de Frankfurt segue NY e fecha em alta

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

O índice Dax30 da Bolsa de Frankfurt abriu em queda, mas reverteu a tendência com os sinais de recuperação vindos dos mercados norte-americanos. Antes do fechamento alemão, o Nasdaq Composite (+1,79%) e o Dow Jones (+0,71%) operavam em alta, alavancada ainda de manhã, após as 10h30 de NY. O índice Dax30 fechou nesta terça-feira apresentando alta de 0,71% cotado a 6.722 pontos. Os principais destaques entre as maiores altas foram as empresas químicas, seguidas pelas seguradoras e pelas varejistas.

Dentre as ações que fecharam o pregão de hoje valorizadas, estavam as fabricantes de produtos químicos Degussa Huels (+3,08%), Henkel (+2,61%) e Basf (+0,83%); as seguradoras Allianz (+1,41%) e Munich Re (+1,40%) e as varejistas Kardstadt Quelle (+1,13%) e Metro (+1,11%). Outras ações que fecharam em alta foram as da empresa ligada à saúde Fresenius (+2,61%), o banco Dresdner Bank (+2,23%) e as farmacêuticas Bayer (+1,35%) e Schering (+1,00%). A Deutche Telekom anunciou hoje prejuízo referente ao quarto trimestre de 2000 maior que o esperado e operou a maior parte do pregão em queda, mas conseguiu reverter a situação ao fechar em alta de 0,60%, com a divulgação do resultado consolidado para o ano 2000 melhor que o esperado.

Em contrapartida, os principais destaques de queda foram os papéis da SAP (-2,92%). A maior fabricante européia de software anunciou lucro melhor que o esperado pelo mercado, mas teve a cotação de suas ações fortemente abaladas após postergar por mais um trimestre o consenso inicial que as receitas de 1998 deveriam dobrar em 2001. A empresa de software de gestão divulgou que só no primeiro trimestre de 2002 o faturamento deverá crescer 100% em relação ao resultado de vendas e serviços verificado em 1998. Outros papéis que fecharam o pregão desvalorizados foram os da companhia aérea Lufthansa (-1,26%), do banco HVB (-0,74%) e da industria têxtil Adidas (-0,74%).

Compartilhe