Boeing entrega 44 aviões em junho, queda de 27% ano a ano

No acumulado do ano, a Boeing entregou 175 aviões, atrás de sua rival europeia Airbus que entregou 323 aeronaves no primeiro semestre

Reuters

(Reuters)
(Reuters)

Publicidade

(Reuters) – A Boeing divulgou nesta terça-feira que entregou mais jatos comerciais em junho do que em qualquer outro mês deste ano, mas o total de 44 aviões representou uma queda de 27% numa base anual em meio a um turbilhão de desafios legais e de produção.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita 

A empresa prometeu expandir a produção até o final do ano, após enfrentar problemas na cadeia de suprimentos e operar uma linha de montagem mais lenta desde o incidente envolvendo a perda de parte da fuselagem de um jato 737 MAX 9, em 5 de janeiro, que intensificou o escrutínio regulatório.

Continua depois da publicidade

No acumulado do ano, a Boeing entregou 175 aviões, atrás de sua rival europeia Airbus que entregou 323 aeronaves no primeiro semestre.