Venda

BNDES vende todas debêntures participativas da Vale a R$ 53,50

Os preços no mercado secundário estavam em cerca de R$ 60 na semana passada, segundo a Anbima, associação do mercado de capitais

arrow_forwardMais sobre

(Bloomberg) — O governo brasileiro vendeu cerca de R$ 11,47 bilhões em debêntures participativas da Vale.

O Tesouro e o BNDES, que antes da venda detinha cerca de 55% do total das debêntures emitidas, venderam os 214,33 milhões de títulos ao preço de R$ 53,50 cada, disseram pessoas familiarizadas com o assunto, e que pediram para não serem identificados porque os resultados ainda não são públicos. Os preços no mercado secundário estavam em cerca de R$ 60 na semana passada, segundo a Anbima, associação do mercado de capitais.

A venda faz parte de um plano de privatização de bens do Estado defendido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. A dívida subordinada não tem um cupom fixo e, em vez disso, paga aos detentores um dividendo igual a 1,8% da receita líquida de vendas de minério de ferro e 2,5% da receita líquida de cobre e ouro após certos limites de produção em algumas minas serem atingidos.

A receita é calculada em dólares e depois convertida em reais para distribuição aos investidores.

Os agentes de colocação foram Banco Bradesco BBI, Citi, Banco Itaú BBA e JPMorgan Chase.

Quer entender o que é o mercado financeiro e como ele funciona? Assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro e conheça o setor da economia que paga os melhores salários de 2021.