Balanço do banco

BMG (BMGB4) tem queda de 43% do lucro recorrente no 3º trimestre, para R$ 50 milhões

A carteira de crédito total atingiu R$ 15,050 bilhões no final de setembro deste ano, alta de 15,2% na comparação com setembro do ano passado

Por  Equipe InfoMoney

O Banco BMG (BMGB4) registrou lucro líquido contábil de R$ 42 milhões no no terceiro trimestre de 2021 (3T21), o que representa uma diminuição de 56,1% em relação ao mesmo período de 2020.

Já o lucro líquido recorrente totalizou R$ 50 milhões no 3T21, queda de 42,8% na comparação com igual etapa de 2020.

A margem financeira líquida recorrente do banco atingiu 19,3% entre julho e setembro de 2021, baixa de 5 p.p. em relação ao mesmo período do ano passado.

O retorno sobre o patrimônio líquido (ROAE) recorrente foi de 5,1% no trimestre, queda de 4,1 p.p. na comparação ano a ano.

Enquanto o retorno sobre o ativo (ROAA) recorrente alcançou 0,6% no 3T21, retração de 0,9 p.p. em relação ao 3T20.

A carteira de crédito total atingiu R$ 15,050 bilhões no final de setembro deste ano, alta de 15,2% na comparação com setembro do ano passado.

Os ativos totais somaram R$ 33,947 bilhões no 3T21, crescimento de 35,1% na base anual.

O Patrimônio Líquido em 30 de setembro de 2021 atingiu R$ 3,923 bilhões, redução de 3,2% em relação ao trimestre anterior e de 3,4% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Aprenda a transformar a Bolsa de Valores em fonte recorrente de ganhos. Assista a aula gratuita do Professor Su e descubra como.

Compartilhe