Coletiva de imprensa

BM&FBovespa lança medidas para melhorar governança das estatais

Programa oficial será lançado dia 30 de junho; até agora as discussões partiram de um trabalho interno feito pela Bolsa

SÃO PAULO – A BM&FBovespa (BVMF3) anunciou nesta quinta-feira (2) o lançamento do programa de aprimoramento da governança corporativa das empresas estatais. A iniciativa tem apoio da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Em coletiva de imprensa realizada nesta manhã, na sede da Bovespa em São Paulo, o presidente da Bolsa, Edemir Pinto, ressaltou a importância das estatais aderirem ao programa assim como foi quando da criação do Novo Mercado, passos que visam a evolução do mercado de capitais brasileiro. “Fazendo isso estamos cumprindo nosso dever como Bolsa”, disse.

Embora não seja uma medida de curto prazo, Edemir não deixou de mencionar o momento difícil pelo qual passa o País e a credibilidade dessas empresas, que possuem forte representatividade na Bolsa. Do total de volume médio diário negociado na Bolsa, 25,1% correspondem às estatais.

Por conta do momento adverso dos últimos anos, o valor de mercado dessas companhias caíram 35% de 2010 a fevereiro de 2015, enquanto a capitalização de mercado apresentou retração de 1,6%. Hoje, 30 empresas estatais, considerando tanto aquelas 100% controladas pelo Estado como também as de economia mista, são listadas na Bovespa e dessas 8 fazem parte do Ibovespa. 

Segundo a diretora da BM&FBovespa Flávia Mouta, o projeto partiu de três premissas básicas: credibilidade, tendo em vista a necessidade de recuperação da confiança dos investidores na estatais; alinhamento, ao reunir todos os participantes no mesmo foco; e ferramentas, lançando mão de instrumentos de governança corporativa desenvolvidos ao longo do tempo. 

Todas as iniciativas serão submetidas à audiência restrita, cuja convocação será para o fim de abril. Até agora, todas as discussões e análises foram feitas por meio de um trabalho interno. O lançamento oficial do programa, com todas as medidas que serão adotadas será divulgado dia 30 de junho pela BM&FBovespa.