Em mercados / bitcoin

5 motivos pelos quais as pessoas investem em Bitcoin

Em tempos de mercado superavitário, é fácil compreender o porquê as pessoas investem em Criptomoedas

Bitcoin
(Visualcapitalist)

SÃO PAULO - Em tempos de mercado superavitário, é fácil compreender o porquê as pessoas investem em criptomoedas. Mas, no momento atual do mercado, às vezes, não é tão claro os motivos que levam os entusiastas a se aventurarem nesse segmento.

Colocamos abaixo os cinco principais motivos que levam as pessoas a investirem em Bitcoin mesmo em momentos mais instáveis.

1) 41% das pessoas investem por acreditar que bitcoin é uma tecnologia revolucionária.
Criado em 2008, Bitcoin é a primeira criptomoeda descentralizada. O seu criador, conhecido por Satoshi Nakatomoto, anunciou a moeda através de um paper intitulado “Bitcoin: A Peer-to-peer electronic Cash System” (Bitcoin: um sistema financeiro peer-to-peer, em tradução livre) onde introduziu ao mundo uma tecnologia que promete uma forma segura para duas pessoas transacionarem entre si, sem a necessidade de intermediários.

A tecnologia que possibilita isso é a Blockchain, que tem sido alvo de estudos e investimentos das mais diversas instituições e promete ser a grande inovação do século XXI.

2) 22% das pessoas acreditam ser um investimento de longo prazo, como ouro ou prata.
De acordo com uma matéria de julho de 2018 da Bloomberg, umas das possibilidades do Bitcoin seria oferecer algo parecido ao que o ouro oferece para seus investidores. Ainda que, de vez em quando, o bitcoin passe por crises e quedas acentuadas no preço, a sua capitalização permanece substancial e o seu valor, se analisada no longo prazo, continua crescendo.

Dessa forma, ele poderia servir como um investimento de longo prazo que oferece segurança e refúgio a seus investidores.

 3) 15% investem porque uma pessoa de confiança, amigo ou família o convenceu a investir.
Esse ano o Bitcoin completou dez anos de existência, mas, para muitos as criptomoedas ainda são um universo completamente novo.

4) 14% acredita que o preço está baixo e pode subir.
Para muitos, o futuro do Bitcoin não é certo. Será que funciona como ouro? Ou é uma
commodity? Deve ou não ser regulado? Mas, tem algo que é certo: é possível encontrar oportunidades de negociação e lucro no curto prazo. Plataformas de negociação, como a XDEX, oferecem aos clientes um lugar seguro para transacionar a criptomoeda e aproveitar a chance de se expor ao ativo, seja no curto, médio ou longo prazo.

5) 8% utiliza o Bitcoin como uma moeda corrente e não a entende como uma forma de investimento.
Essas pessoas utilizariam o Bitcoin para comprar coisas do dia-a-dia, sejam elas viagens, comidas, entre outros. Cada vez mais, empresas e estabelecimentos aderem a febre do bitcoin e começam a oferecer produtos e serviços que podem ser pagos com bitcoin.

Invista em criptomoedas com segurança e atendimento 24 horas: abra sua conta gratuita na XDEX!

Por exemplo, no meio do ano, o Mercado Pago anunciou uma parceria com a Ripio para facilitar os acessos aos meios de pagamentos e que animou os entusiastas de Bitcoin.

Fonte: Visual Capitalist

 

Contato